Deivid Luis Petry, à esquerda, e Jonathan Tafarel de Souza, à direita, competiram com equipes de Minas Gerais e de São Paulo. FOTOS: ACOM/CORSAN

A equipe de eletromecânica da Corsan que atende Montenegro é a melhor do país. Ao menos, é o que aponta o resultado do Campeonato de Operadores, que foi disputado nesta semana por funcionários de empresas de saneamento de todo o Brasil.

A competição da área, que integrou o 30º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental em Natal, no Rio Grande do Norte, foi vencida pela dupla local, formada pelo hamburguense Deivid Luis Petry e pelo montenegrino Jonathan Tafarel de Souza.

Tafarel tem apenas 24 anos de idade e é formado técnico em Eletrotécnica na Escola São João Batista. Ele e o colega Deivid, que mora em Montenegro há um ano, precisaram passar por uma seletiva estadual em Porto Alegre até serem selecionados para representar a Corsan no evento nacional.

“Para nós, esse é um reconhecimento. Mostra que a gente é competente”, declara o jovem, recém chegado do Nordeste. “O que nos facilita é que a gente faz o que gosta, então, no dia a dia, isso nem parece trabalho.”

Por aqui, a dupla integra a equipe responsável pela elétrica e mecânica das estações de tratamento de água, não só de Montenegro, mas de outros seis municípios da região. Eles destacam o apoio do coordenador local, Marcelo Faro, que segurou as pontas do setor e deu tempo para que os dois treinassem para o grande campeonato.

Deivid e Tafarel chegaram em Natal no domingo, dia 16, para a abertura do Congresso no mesmo dia. A competição foi na terça, dia 18. Competiram com experientes técnicos da Sabesp, de São Paulo, e da Copasa, de Minas Gerais.

A prova consistiu no desmonte e na montagem de uma bomba de água, seguida do seu alinhamento. Na parte elétrica, tiveram que encontrar defeitos plantados pelos adversários em quadros elétricos, até fazê-los funcionar. Tudo isso, correndo contra o relógio. “É uma prova bem voltada para a nossa rotina, para demonstrar nossos conhecimentos”, define Deivid. Eles concluíram tudo em impressionantes onze minutos.

Em uma das etapas da prova, equipe teve que desmontar e remontar uma bomba d’água e fazê-la funcionar com mais agilidade que os adversários

A dupla ganhou um certificado de reconhecimento pela excelência; e tudo pago para o próximo Congresso, que ocorre em 2021, em Curitiba. Sobrou, inclusive, um tempinho para aproveitar as belezas da capital do Rio Grande do Norte. “Deu até para fazer uns passeios de buggy”, conta Tafarel, feliz com a experiência.

O Congresso foi realizado junto à Feira Internacional de Tecnologias de Saneamento Ambiental. Reuniu empresas e pesquisadores do ramo para a apresentação de cases e troca de experiências voltadas a inovações na área. A Corsan também participou, apresentando o saneamento gaúcho com palestras de dirigentes. O evento é realizado pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental a cada dois anos.

Deixe seu comentário