Saiba como aproveitar o período de isolamento sem se expor ao risco. Foto reprodução internet

Saiba como se divertir sem sair do sofá de casa durante os dias de isolamento

Com a pandemia de coronavírus se espalhando de forma rápida pelo País, os dias de quarentena são essenciais para se proteger. Várias medidas estão sendo tomadas para evitar o contágio pela Covid-19, dentre elas, a diminuição do contato social e cancelamento de eventos culturais presenciais. Nesse momento, a busca por entretenimento em casa é maior.

Algumas empresas e artistas se mobilizaram para ajudar a população a ter diversão dentro de suas residências mesmo em meio ao caos instalado na rua. As ações servem, ainda, para alertar sobre a seriedade da situação e incentivar para que quem puder evitar sair de casa, realmente evite.

Aproveite o tempo em casa
Shows
Alguns artistas estrangeiros e nacionais tiveram uma ideia e tanto. A maioria dos famosos do ramo musical anunciou uma pausa nas turnês devido ao cancelamento obrigatório de shows nas próximas semanas. Mas nem por isso deixarão seus admiradores na mão. Artistas como Wesley Safadão, Di Ferrero, John Legend e Miley Cyrus cantarão e tocarão alguns sucessos em lives nas redes sociais para entreter o público direto de suas casas.

Livros
A L&PM, que contêm uma grande coleção de livros à venda, vai liberar um e-book grátis a cada dia como incentivo para que as pessoas leiam no período de isolamento social. Na seleção dos livros disponibilizados estão clássicos, obras de aventura e policiais. Para baixá-los, basta acessar a página de livros digitais da editora (https://www.lpm.com.br/ebooks) e clicar em comprar. Ao colocar no “carrinho”, o livro sairá gratuito.

Museus
A visitação virtual e gratuita a museus e galerias de todo o mundo é realidade. Muitos deles já ofereciam a opção antes mesmo do surto de coronavírus, mas agora se tornam mais comuns. O Museu de Imagem e do Som de São Paulo é uma das alternativas para quem busca um passeio virtual, pois conta com um acervo online bem diversificado. Além desse, outros exemplos que já têm essa tecnologia são O Museu do Prado, de Madri; a Galeria Uffizi, de Florença e o Museu do Louvre, de Paris.

Culinária
Alguns chefes de cozinha como Massimo Bottura e Rita Lobo estão ensinando receitas virtualmente aos seus seguidores. Assim como outros profissionais, estão publicando vídeos do passo a passo em suas redes sociais. Ainda, com o programa “Mais Você” fora do ar, Ana Maria Braga também tem compartilhado receitas fáceis em suas redes. Outra opção testar aquelas receitas que a gente printa e nunca faz.

Cursos
A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) disponibilizou mais de 50 cursos online que, mesmo gratuitamente, fornecem certificado. Para conhecê-los, acesse https://lumina.ufrgs.br/ e veja qual mais te interessa. Dentre eles, estão temas como alimentação, racismo, química, comunicação e esportes. Outras instituições nacionais fizeram o mesmo. É possível fazer cursos em praticamente todas as áreas sem sair de casa.

Séries e filmes
Empresas de séries e filmes também aderiram à ideia de auxiliar a população com entretenimento. A GloboPlay disponibilizou, gratuitamente, a cetegoria infantil e adolescente até o dia 16 de abril. As operadoras de TV por assinatura também liberaram vários canais para os atuais usuários. Ainda, a SPCine, de São Paulo, liberou todo o seu catálogo até o dia 17 de abril e o Telecine Play será gratuito por 30 dias.

Deixe seu comentário