João (D) recebeu as mãos de Ivan a bandeira do CTG Acácia Negra, oficializando o início da gestão 2021/2022

Foi empossada na noite deste sábado, dia 18, a nova patronagem do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Acácia Negra. O evento, que cumpriu protocolos sanitários contra a Covid-19, ocorreu no salão da Associação Encontro da Idade Melhor, em Passo da Serra, no interior de Montenegro. Sem sede própria, o espaço vem sendo utilizado pela entidade tradicionalista para a realização de suas atividades durante a Semana Farroupilha.

Agora oficializado como o novo patrão do CTG Acácia Negra, João Marcos Duarte da Silveira vê na construção de uma nova sede para a entidade o maior desafio de sua gestão. “É bastante desafiador o cenário em que a gente se encontra por conta de ter perdido a sede”, comentou. Ele salientou que a Tanac, empresa a qual era vinculado o então Departamento de Tradições Gaúchas (DTG) Acácia Negra Fundação Tanac, deu um aporte financeiro para a nova entidade.

Com isso, um terreno no bairro Aeroclube já está sendo negociado para ser adquirido e transformar-se na sede do CTG Acácia Negra, que foi oficialmente criado em 16 de outubro de 2020. Além desse desafio, João aponta como ponto importante da sua gestão, que segue até 2022, a adição de novos membros à entidade.

Membros da patronagem do CTG Acácia Negra realizaram o Juramento Crioulo
Com apenas três anos, Joaquim danço chula e arrancou muitos aplausos dos presentes

Inclusive, na cerimônia de posse, a comunidade já se fez presente. Após o ato de oficialização da nova patronagem, que contou com entrega da bandeira do CTG do então patrão Ivan Roza da Silva ao novo patrão João e condução do Juramento Crioulo por parte do presidente da 15ª Região Tradicionalista, Edgar Barnasque dos Santos, ocorreram apresentações artísticas.

Nas apresentações artísticas, destaque para o pequeno Joaquim de Souza Azeredo. Com apenas três anos, ele dançou chula e arrancou aplausos dos presentes. Mãe de Joaquim, Juliana Cabral Azeredo diz que o filho está inserido no meio tradicionalista desde que nasceu. Para ela, o movimento que honra e cultiva as tradições gaúchas é um meio saudável e bom de se fazer parte.

O evento conta, ainda, com janta e show com Vandré da Rosa e Luciano Rhoden. Confira ao final da lista dos empossados uma galeria com mais fotos da noite.

Patronagem empossada
Patrão: João Marcos Duarte da Silveira
1º Vice-patrão: Eronilo Euclides Martins
2º Vice-patrão: Paulo Juarez de Brito
1ª Sota capataz: Jéssica Carla de Azevedo
2ª Sota capataz: Marilene de Souza Moraes
1º Agregado das pilchas: Volmar Maciel
2º Agregado das pilchas: Carlos Silva de Almeida
1º Diretor artístico: Guilherme Correa de Oliveira
1ª Diretora cultura: Rosana Claudia de Azevedo Marques
2ª Diretora cultura: Simone Raquel Belter
1º Diretor campeiro: Robson Pires Liz
2º Diretor campeiro: Nilzo Machad Bueno
1º Diretor do patrimônio: João Nunes de Souza
2º Diretor do patrimônio: Ivori Santos de Souza
Agregado das falas: Amilton Teixeira Osório
Encarregada das pilchas: Solange Santos de Lima
Casa social: Márcio André Martins e Viviane de Sousa
Peões caseiros: Antônio Francisco Olsson, Evantuir Dias, Pedro Ibrail da Silva Machado e Cleber Olibeira
Conselho de vaqueanos: Ivanz Roza da Silva (presidente); Dejair Pereira da Rosa; Daniel Koch; José Evanilo da Silva (suplente); Adão Machado da Motta (suplente); Adilson Marques (suplente)

Deixe seu comentário