Brasil saiu na frente com golaço de Coutinho (Foto: Marko Djurica/Reuters)

Um dos momentos mais aguardados pelos torcedores brasileiros nos últimos quatro anos chegou. A Seleção estreou na Copa do Mundo 2018 na tarde desse domingo, 17, com empate diante da Suíça. A partida na Arena Rostov, na Rússia, terminou em 1 a 1, com duas marcações polêmicas da arbitragem contra os maiores vencedores do torneio. O próximo compromisso dos comandados de Tite é o duelo com a Costa Rica, na sexta-feira (22), às 9h (de Brasília), em São Petesburgo.

O Brasil começou a partida na pressão e criou chances para marcar. A equipe abriu o placar aos 19 minutos, com um golaço. Marcelo cruzou, a zaga adversária cortou, mas a bola sobrou para Philippe Coutinho, de fora da área, acertar a gaveta do goleiro suíço com um chute de categoria. Os brazukas seguiram melhores durante toda a primeira etapa. Com os suíços insistindo em alçadas para dentro da área.

No segundo tempo, logo aos 4 minutos, justamente pelo alto, os adversários buscaram a igualdade. Na pequena área, Zuber cabeceou sem chances para o goleiro Alisson. Gol ilegal validado pela arbitragem, pois o suíço empurra o zagueiro Miranda antes do lance.

A jogada coloca em foco a questão do uso do árbitro de vídeo no mundial da Fifa. A imagem é nítida e bastaria o juiz conferir para anular o gol. O recurso também não foi utilizado pelo homem do apito em suposto pênalti sofrido por Gabriel Jesus.

O Brasil foi a campo com: Alisson, Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro (Fernandinho), Paulinho (Renato Augusto) e Philippe Coutinho; Willian, Neymar e Gabriel Jesus (Roberto Firmino).

Deixe seu comentário