Alan de Castro comemora o gol da classificação do JDN, marcado nos minutos finais da partida

Uma grande partida abriu as quartas de finais do Campeonato de Futebol Sete do Grêmio Gaúcho, na tarde deste sábado, dia 25. Em campo, duas equipes tradicionais e acostumadas a chegar às fases decisivas. Terceiro colocado na etapa classificatória, o JDN/Forasteiros tinha a vantagem do empate, enquanto o Ellite (6° na primeira fase) precisava da vitória para seguir adiante. Em duelo muito acirrado e emocionante, o JDN avançou com um empate em 2 a 2.

Após um começo de jogo muito estudado por ambas as equipes, a eliminatória esquentou aos 10 minutos, quando o JDN teve falta frontal próximo da área. Na cobrança, o zagueiro Jailton dos Santos encheu o pé direito e mandou no ângulo, abrindo o placar. Depois disso, o jogo ficou morno até os quatro minutos da etapa final, quando Geison Fernando, o Amarelo, cobrou falta lateral com perfeição e deixou tudo igual, recolocando o Ellite na partida.

Como não há disputa por pênaltis nesta fase, o Ellite ainda precisava de um gol para se classificar e se lançou ao ataque. Aos 10 minutos, Naiel de Oliveira recebeu ótimo lançamento no meio da defesa, mas isolou. Três minutos depois, César Negruni recebeu na intermediária e arriscou. O goleiro Luis Fernando Silva não segurou e a bola foi para o fundo do gol. Era a virada do Ellite.

No entanto, a felicidade do time de amarelo durou apenas três minutos. Aos 16 da etapa complementar, a menos de quatro minutos para o fim do jogo, Alan de Castro avançou com a bola pelo meio de campo e, da intermediária, finalizou no canto direito Pedro Almeida, que nada poder fazer. O gol de empate levava o JDN para a semifinal, mas o jogo ainda não estava decidido.

Aos 17, Marcos Vinícius, o Tibério, saiu na cara do gol, mas parou em Pedro. Depois disso, o Ellite pressionou, tentou pelos lados, por cima e por baixo, mas o JDN segurou a pressão e confirmou sua vaga na próxima fase da competição. Os demais resultados e os confrontos da semifinais você confere na edição impressa de terça-feira.

Deixe seu comentário