O empreendimento rural Agroturismo Führ promoveu o seu primeiro café colonial na tarde deste domingo, 14, em Linha Lerner, São José do Sul. Foram duas rodadas, uma às 15h e outra às 17h. Em ambas, houve o preenchimento de quase todos os 45 lugares. Na mesa, uma grande variedade de salgados, doces, bolos, tortas. Para acompanhar, chá e café. 

O trabalho da família Führ, com alguns reforços, começou ainda no sábado, 13,  para deixar tudo pronto. Com a chegada dos convidados, uns ficaram na cozinha e outros ajudando a servir e receber o pessoal.

Trabalho em família: Nadine, Letícia, Márcia e Aluísio Führ

Apesar de chuva e o frio terem causado certo prejuízo de público, os organizadores ficaram satisfeitos com o número de presentes. “De repente o tempo afastou um pouco, principalmente as pessoas de mais idade. Teve gente com reserva que ligou dizendo que não viria por causa do frio”, comenta Márcia Führ. O projeto, a partir de agora, é realizar um café colonial por mês. Também são aceitos grupos fechados com reserva para café e almoço coloniais.

Além de Márcia, trabalharam no evento o marido dela Aluísio, as filhas Nadine, 23 anos, e Letícia. Além da amiga da família Regina Rosa Lerner, da sogra e do namorado de Nadine, Renata Wasun Sperb e Ramon Luís Sperb.

O reforço teve ainda mais importância depois de Márcia ter fraturado o braço direito após uma queda enquanto lavada uma parede, ocorrida na quinta-feira, 10. O incidente não permitiu a realização de algumas tarefas.

A família Führ está na propriedade desde 1993. Inicialmente, se dedicou a criação de gado leiteiro. Após, a produção orgânica de verduras, legumes e frutas. Atualmente, o foco principal são os morangos. 

 

Deixe seu comentário