O bispo foi o primeiro a assumir a Diocese da Alegria. Foto: Diocese de Montenegro

O bispo emérito de Montenegro, Dom Paulo de Conto, foi nomeado adminitrador da Diocese de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro. Isso ocorreu porque o Papa Francisco acolheu, nesta quarta-feira, 22, o pedido de renúncia de dom Edney Gouvea Mattoso bispo daquela diocese.

Com a decisão do Papa, dom Edney, o 4º bispo diocesano de Nova Friburgo, torna-se agora bispo emérito, desobrigado das funções concernentes ao governo de sua diocese, mas permanece no exercício de seu ministério durante toda a vida.

Dom Paulo de Conto permanece na administração da Diocese de Nova Friburgo até que seja nomeado um bispo titular. Após esse período, ele pode voltar a Montenegro, caso não lhe seja designada uma nova missão. Dom Paulo foi responsável em assumir a recém-instalada “Diocese da Alegria”. Esse título foi dado por ele mesmo, quando tomou posse aqui, perante o Núncio Apostólico, (representante do Papa no Brasil) e a comunidade.

Ele começou sua missão como bispo na cidade de Cárceres, no Mato Grosso. Já em 1998, Dom Paulo foi transferido para Criciúma, em Santa Catarina, onde seria o primeiro bispo da diocese. Após 10 anos, Dom Paulo foi ordenado para a diocese de Montenegro, em 2008. Em julho de 2015 foi nomeado administrador apostólico da Arquidiocese de Passo Fundo, cargo que desempenhou durante 6 meses, concomitantemente à Diocese de Montenegro.

Deixe seu comentário