Foto:BM

A Força Tática da Brigada Militar de Montenegro realizou mais uma ação de combate ao Tráfico de Drogas na cidade. Na noite dessa quinta-feira, 6, dois homens foram detidos, em ações em dois bairros do município.

O primeiro caso foi registrado por volta das 20h30min, na Rua Iraí, no bairro Bela Vista. A guarnição da Força Tática flagrou um homem comprando uma pedra de crack. A venda da droga era efetuada por um menor infrator, que estava acompanhado por outro indivíduo.

Durante a abordagem, foi solicitado apoio ao policiamento ostensivo para realizar busca pessoal. Com o jovem havia 27 pedras de crack fracionadas para venda, além da quantia de R$ 310,00. Já com o “colega” do menor os policiais encontraram três malotes, no total de 39 pedras fracionadas para venda. Além disso, foram encontrados um aparelho celular Samsung e R$83,00.

Na casa de onde saíram os suspeitos havia uma balança de precisão, um rolo de papel alumínio, 79 pedras de crack fracionadas para venda, uma porção de crack de 7,00g e uma bucha grande de cocaína pesando 40g.

O menor foi apreendido. Dos demais envolvidos na ocorrência, um foi considerado usuário e o outro foi preso em flagrante pelo crime de Tráfico de Drogas.

Pouco tempo depois, a Força Tática conseguiu colocar fim a mais uma cena de Tráfico em Montenegro. Por volta das 21h45min, uma guarnição esteve em patrulhamento na Rua das Gardênias, no bairro Estação, apurando denúncias sobre venda de entorpecentes no local.

Os policiais viram uma moto com um indivíduo e outro sujeito em atitude suspeita. Ao notar a presença dos PMs, o motociclista fugiu. O outro homem tentou sair correndo para dentro de um bar, mas foi perseguido e detido. Na revista pessoal,  foram encontradas 24 buchas de cocaína, porção de maconha no bolso da calça e R$ 623,00.

Conforme a Brigada, como o acusado resistiu a prisão, foi solicitado o apoio de mais viaturas, possibilitando também buscas no estabelecimento comercial, onde foram localizadas mais oito buchas de cocaína. O homem foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), onde foi lavrado o flagrante.

Fotos:BM

Deixe seu comentário