Fugitivos foram presos em Nova Santa Rita. Foto: Divulgação/BM

Ação utilizou viaturas de sete cidades, além de helicóptero da Brigada Militar

Uma grande operação envolvendo viaturas de sete cidades da região ocorreu na manhã dessa segunda-feira, 25. Por volta das 10h, um automóvel Prisma, de cor vermelha e placas de Capão da Canoa foi avistado pelo Setor de Inteligência da Brigada Militar de Montenegro em atitude suspeita e foi nesse momento que toda a ação começou.

Segundo a Brigada Militar, o carro estava transitando na RSC-287, próximo à rodoviária de Montenegro quando foi iniciado o acompanhamento ao veículo. A suspeita inicial era que fosse um morador do interior de Pareci Novo, da localidade de Bananal, que estava desaparecido há quatro dias, pois o modelo e a cor do carro eram as mesmas.

Porém, após ordem de parada dos policiais os ocupantes não obedeceram e fugiram em alta velocidade pela via, indo em direção à ERS-240. No interior de Capela de Santana ocorreu troca de tiros com os agentes. Em Nova Santa Rita, na localidade de Sanga Funda, os suspeitos foram capturados quando tentavam abandonar o automóvel e fugir do local a pé.

A perseguição contou com o apoio das viaturas da Brigada Militar de Montenegro, Capela de Santana, Portão, Pareci Novo, São Sebastião do Caí, Canoas e Nova Santa Rita, além de suporte da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Estadual, e helicóptero da Brigada Militar. De acordo com a BM, os dois fugitivos possuem uma vasta ficha criminal, sendo que um estava foragido e o outro em liberdade condicional.

O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento de Canoas e a Polícia Civil será a responsável pela investigação.

Deixe seu comentário