Diretor de “Parasita”, Bong Joon Ho posa com elenco nos bastidores do Oscar. Foto: reprodução internet

Na noite de ontem, 9, foi realizada a entrega do Oscar 2020, pela Academia de Ciências e Artes Cinematográficas. O maior e mais surpreendente vencedor da noite foi o filme sul-coreano “Parasita”, que levou quatro prêmios, nas categorias melhor filme, melhor roteiro original, melhor filme internacional e melhor direção para Bong Joon Ho.

Já para nós, brasileiros, não foi dessa vez. A estatueta de melhor documentário com “Democracia em Vertigem” não saiu. Quem se consagrou na categoria foi “Indústria Americana”. “Coringa”, filme com mais indicações, terminou a noite com dois prêmios, enquanto “1917”, outro longa favorito, se destacou em três categorias.

Cineasta de Montenegro, Ulisses da Motta comenta que a premiação foi, sem dúvidas, muito surpreendente. “Os Oscars de melhor filme para “Parasita” e melhor direção para Bong Joon Ho deixaram muitos cinéfilos extasiados. É difícil de pensar que um filme feito em outra língua que não o inglês ganhasse tanto reconhecimento”, pontua.

Motta opina que acima de tudo, a premiação foi muito empolgante pelo fato de o filme vencedor ter muita torcida. “Foi uma das maiores surpresas que eu já vi em um Oscar. Além disso, o cineasta coreano fez um dos melhores discursos que um ganhador da categoria já fez, enaltecendo os demais indicados e falando a importância que Scorsese e Tarantino tiveram em sua carreira”, afirma ele.

Sobre os resultados, Ulisses comenta que os prêmios são decididos em votação secreta pelos membros da Academia, que hoje, somam mais de 5.700 pessoas. “Então os resultados derivam de muitas variáveis, que vão desde questões políticas até preferências pessoais”, finaliza.

Confira a lista dos vencedores por categoria

Melhor filme
Parasita (sul-coreano)

Melhor diretor
Bong Joon Ho, de “Parasita”

Melhor ator
Joaquim Phoenix, de “Coringa”

Melhor atriz
Renée Zellweger, de “Judy: Muito Além do Arco-Íris”

Melhor ator coadjuvante
Brad Pitt, de “Era Uma Vez em… Hollywood”

Melhor atriz coadjuvante
Laura Dern, de “Histórias de um Casamento”

Melhor roteiro original
Parasita, por Bong Joon Ho e Jin Won Han

Melhor roteiro adaptado
Jojo Rabbit, por Taika Waititi

Melhor direção fotográfica
1917

Melhor animação
Toy Story 4

Melhores efeitos visuais
1917

Melhor curta-metragem (ficção)
The Neighbors’ Window

Melhor curta-metragem (animação)
Hair Love

Melhor canção original
(I’m Gonna) Love Me Again, de Rocketman

Melhor trilha sonora
Coringa

Melhores maquiagens e penteados
O Escândalo

Melhor filme em língua estrangeira
Parasita (Coreia do Sul)

Melhor documentário (curta-metragem)
Learning to Skateboard in a Warzone

Melhor documentário (longa-metragem)
Indústria Americana

Melhor figurino
Adoráveis Mulheres

Melhor edição ou montagem
Ford vs. Ferrari

Melhor direção de arte
Era Uma Vez em… Hollywood

Melhor mixagem de som
1917

Melhor edição de som
Ford vs. Ferrari

Deixe seu comentário