Através de cogestão regional regiões Covid podem adotar protocolos mais brandos

A Região 08 – da qual Montenegro e cidades da região fazem parte – segue na bandeira vermelha. O mapa definitivo da 16ª rodada do modelo de Distanciamento Controlado do Estado foi divulgado no final da tarde desta segunda-feira, 24, pelo governador Eduardo Leite. Apesar dessa definição, a R08 pode seguir com a bandeira laranja, pois já teve o seu protocolo regional habilitado após a apresentação do Plano de Prevenção e de Enfrentamento à Pandemia.

Montenegro é um dos municípios que validou os protocolos regionais e desde a última semana já está adotando a bandeira laranja. O Decreto estadual está disponível no SITE do município. Na última sexta-feira, 21, um Decreto municipal foi divulgado; no qual estipula a limitação de exposição de mesas e cadeiras em lojas de conveniência. Segundo o documento é necessário o distanciamento mínimo de 16m² entre as mesmas, e é permitida a quantidade máxima de quatro pessoas por mesa, devendo o atendimento ocorrer somente até às 20h.

Após análise dos recursos pelo Gabinete de Crise, o governo Estadual classificou 12 regiões com bandeira vermelha, e nove como laranja. De acordo com Eduardo Leite, essa foi a rodada com menor número de recursos enviados desde que a instância recursiva foi implementada, na sétima rodada. Foram ao todo 10 pedidos de reconsideração por parte de municípios e de associações regionais.

Durante a transmissão do mapa definitivo da 16ª rodada, Leite ressaltou a importância de continuar com os cuidados necessários para evitar a propagação da Covid-19. “O engajamento de cada um de nos segue sendo um dos principais antídotos para essa situação, para evitar a expansão da doença”, diz. A vigência das bandeiras da 16ª rodada começa à 0h de terça-feira, 25, e se encerra às 23h59 de segunda-feira, 31.

Cogestão regional

O modelo de Distanciamento Controlado já registra nove regiões que aderiram à cogestão, que permite que as regiões Covid adotem protocolos menos restritivos à bandeira na qual estão classificados, mas no mínimo iguais à bandeira anterior. Então inclusas até o momento as regiões de: Canoas, Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo, Porto Alegre, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Pelotas e Lajeado. Dessas regiões, 207 municípios optaram por adotar os protocolos regionais.

Desde o dia 11 de agosto, o governo do Estado decretou a possibilidade de gestão compartilhada do modelo de Distanciamento Controlado para regiões Covid e seus respectivos municípios que quiserem estabelecer protocolos regionais mais brandos. Para isso, é preciso elaborar planos estruturados próprios aprovados por no mínimo dois terços dos prefeitos e avaliados por uma equipe técnica. Segundo o Estado, a adoção de protocolos alternativos não altera as cores do mapa definitivo.

A R08 que tem o município de Canoas como referência, integra 18 cidades ao todo, e possui 14 municípios que adotam os protocolos regionais. Dentre eles está Montenegro, Brochier, Maratá, São Sebastião do Caí e Pareci Novo. A lista completa pode ser acessada AQUI. O decreto de cada município pode ser lido através da lista inclusa no site. Para isso, basta clicar no nome da cidade de interesse.

Municípios fora da cogestão podem adotar bandeira laranja

Através da Regra 0-0 criada pelo governo do Estado aqueles municípios da bandeira vermelha que não têm registro de hospitalização e óbito por Covid-19 de morador nos últimos 14 dias podem adotar protocolos previstos na classificação laranja. Se adequam a essa regra Harmonia, Maratá, Pareci Novo, São José do Sul, Tabaí, Tupandi.

Desses municípios, Tabaí foi o único a não assinar a cogestão no modelo de Distanciamento Controlado. Porém, como cumpre os critérios da Regra 0-0 pode também adotar os protocolos mais brandos.

Já São Sebastião do Caí, que assinou o documento de cogestão, segue oficialmente na bandeira vermelha nesta semana. A informação foi divulgada em nota na página do Facebook do município, na noite dessa sexta-feira, 21.

 

Deixe seu comentário