Foto:DetranRS

O DetranRS elencou cinco fake news e golpes mais comuns envolvendo a Autarquia para alertar a população e evitar que sejam feitas novas vítimas. A iniciativa se dá diante do grande número de notícias falsas que circulam pela internet e são rapidamente disseminadas por mensagens de WhatsApp, e-mail e outros meios de comunicação.

O primeiro alerta é para Links que anunciam o programa CNH Social no Rio Grande do Sul. O Detran ressalta que não há nova edição do programa aberta e nem previsão de reabertura no Estado. Caso o programa seja reeditado, a divulgação se dará de forma ampla pelos canais oficiais do DetranRS.

A segunda fraude aponta para a possibilidade de “compra” da CNH, sem passar pelo processo de habilitação. Golpistas dizem que têm acesso a sistemas do DetranRS e anunciam nas redes sociais a venda da CNH mediante o pagamento de um valor de entrada. Trata-se de estelionato, pois o “vendedor” não tem como cumprir com o que prometeu. o processo de habilitação é fracionado justamente para evitar fraudes e só pode ser realizado por meio de um Centro de Formação de Condutores (CFC) credenciado.

Atenção também aos sites e e-mails fake. Existem sites parecidos com o do DetranRS e e-mails com o logotipo da Autarquia que oferecem links para pagamento de multas, geração de boletos e outras informações. Através desses canais, golpistas podem roubar os dados na hora do login e ainda induzir ao pagamento de multas e taxas fictícias. O DetranRS informa que não envia esse tipo de e-mail. A recomendação é sempre conferir se a URL do site é mesmo a do DetranRS – http://www.detran.rs.gov.br – e, na dúvida, nunca fornecer informações pessoais. A Central de Serviços da Autarquia utiliza o login de segurança do portal gov.br.

Notícias falsas sobre a suspensão das provas de habilitação e sobre a impossibilidade de renovar a CNH também têm circulado. Conforme o Detran, os exames de habilitação seguem acontecendo, apenas com restrições de vagas em razão dos protocolos sanitários relativos à pandemia. Já em relação às renovações de CNH, essas podem ser realizadas normalmente em qualquer CFC, em que pese o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) tenha suspendido a obrigatoriedade da renovação de carteiras que estejam vencidas desde 1º de março do ano passado.

Por último o alerta é sobre os falsos leilões de veículos. A Autarquia não utiliza perfis/páginas de redes sociais, tampouco aplicativos de mensagens, para ofertar veículos de leilões. Nenhum Centro de Registro de Veículos Automotores (CRVA) do RS se envolve em processos de leilões, oferecendo exclusivamente serviços relativos a registro de veículos. Por isso, o DetranRS orienta o cidadão a sempre conferir no site oficial o calendário e os editais de leilões e a desconfiar de sites de leiloeiros que não sejam hospedados no Brasil (sem o final “.br”).

Outra orientação é para que não sejam realizadas negociações de veículos diretamente com alguém que se diz vinculado ao DetranRS e a não fazer transferências bancárias. Os leilões do DetranRS acontecem tão somente por meio do site de leiloeiros oficiais, e o pagamento do valor de arremate se dá por meio de guia de arrecadação própria (GAD-L), quitada na rede bancária conveniada. Somente o valor da comissão do leiloeiro será conforme instruções do mesmo (detalhadas sempre no item 9.4 do Edital).

Deixe seu comentário