Vítima estava em cima de forno de cavaco quando ocorreu o acidente

Tragédia. Marcos Müller, 46 anos, morreu após receber descarga enquanto consertava telhado na granja da família

MARCOS tinha 46 anos

“Cuida das minhas filhas e dos meus pais”. Esse foi o último pedido de Marcos Müller, 46 anos, feito ao sobrinho Jéferson Müller, 21. Em cima de um forno de cavaco, o produtor rural recebeu uma descarga elétrica enquanto tentava consertar o telhado de um dos galpões da granja de propriedade da família, na localidade de Matiel, em Pareci Novo, no último sábado.

O serviço no telhado, a colocação de duas telhas que haviam saído do lugar, estava programado para esta semana e seria feito por pedreiros. Mas, em função do mau tempo, Marcos preferiu ele mesmo realizar o reparo.

Quando começou a receber o choque, o produtor rural pediu socorro ao sobrinho. O jovem, por duas vezes, tentou desligar a energia direto no disjuntor, mas recebeu uma forte descarga e foi jogado ao solo nas duas oportunidades. Então, resolveu tentar desligar a chave geral, mas o gerador foi acionado automaticamente e manteve a corrente elétrica. Marcos morreu no local.

O irmão dele, Mauri Müller estava em outro dos seis galpões da Granja Müller, de propriedade da família desde 2000, e não conseguiu perceber o que estava ocorrendo. “Eu e meu irmão estávamos sempre juntos e, quando ele mais precisou, não pude fazer nada. Está muito difícil de aceitar isso. Vou sentir muita falta dele”, disse, emocionado.

A família não tem ideia do motivo da tragédia. Poucos minutos antes do acidente, o forno utilizado para aquecer o aviário não estava energizado. E, depois, voltou a funcionar normalmente. Na tarde desta segunda-feira, quando a reportagem do Jornal Ibiá foi até o local, o aparelho estava ligado. A perícia seria realizada ontem.

Quando começou a receber o choque, Marcos ainda conseguiu falar com o sobrinho e tentou passar algumas instruções.

Como a família é muito estimada pela comunidade local, a desepedida do produtor rural no Cemitério Evangélico do Matiel teve a presença de muitas pessoas. A primeira frase desta matéria foi a última dita por ele e evidencia o amor pela família.

Müller preparava festa para comemorar 50 anos do irmão
Marcos Müller estava envolvido com uma atividade diferente da administração da Granja Müller, ao lado de Mauri. Assumiu a tarefa de organizar uma festa surpresa para comemorar o 50 anos do irmão, a serem completados no dia 3 de abril. Já havia escolhido qual boi seria carneado e optado por chope ao invés de cerveja.
Também se mostrava contente por ter comprado um automóvel novo há cerca de 20 dias. “Ele estava bem contente e nem conseguiu aproveitar o carro novo”, lamenta Mauri.
Marcos adorava jogar futebol, atuava no Gaúcho do Matiel. Também tinha como passatempo assar peixe na grelha. Ele deixa a esposa Cristiane, com quem estava casado há cerca de 20 anos, as filhas Luiza, 17, Luana, 10, além dos pais Elvino e Ilca.

Deixe seu comentário