Nova invernada busca contemplar a participação de pessoas acima de 40 anos nas danças tradicionalistas FOTO: CTG Charla Galponeira

Iniciam nesta terça-feira, dia 2, os ensaios da invernada Xirua que está sendo organizada pelo Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Charla Galponeira, de Pareci Novo. Interessados em participar podem comparecer na sede da entidade, localizada às margens da ERS-124 próximo do Parque Municipal, nas terça-feiras, quando ocorrerão os ensaios, a partir das 20h. “Todas as pessoas estão convidadas, independente da idade. No início iremos ensaiar juntos e depois separaremos pela idade”, afirma a diretora artística do Charla Galponeira, Vera Maria Grünhäuser. “Temos muitos pais que querem danças, mas alguns são adultos, outros veteranos e outros xirús”, explica.

Conforme Vera, a categoria Xirú engloba pessoas acima dos quarenta anos. Peões a partir dos 30 anos e prendas a partir dos 28 formam a invernada Veterana. Já a invernada Adulta é composta por integrantes a partir dos 17 anos. Antes disso, eles são divididos por idade nas categorias Juvenil, Mirim e Pré-Mirim. “Neste início de ano, só a Mirim e a Pré-Mirim que recomeçaram as atividades. As outras ainda não recomeçaram, pois os integrantes não encontraram um dia de consenso para os ensaios”, comenta a diretora artística.

Vera destaca que a criação da invernada Xirua é uma forma de contemplar a participação das pessoas acima de quarenta anos nas danças tradicionalistas. Ela salienta que além das danças tradicionais, onde está inclusa a chula, o Charla Galponeira conta com um grupo vocal que reúne pessoas que gostam de cantar e tocar instrumentos e que também está aberto a novos integrantes.

Deixe seu comentário