Imagem: reprodução Internet

Um montenegrino foi vítima de golpe. Ainda abalado e com problemas de saúde ele não quer ser identificado. Há poucos dias, o cidadão recebeu um telefonema de um indivíduo que se apresentou como funcionário do hospital onde a esposa da vítima encontra-se internada, em Porto Alegre. A pessoa do outro lado da linha tinha informações reais sobre a paciente, o que fez parecer real a conversa.

O estelionatário alegou que a enferma precisava de uma medicação que o hospital não disponibilizava, e solicitou que a vítima fizesse uma transferência de dinheiro para compra dos mesmos. O montenegrino acreditou na história. Ele não sabia  fazer transferência via Pix e pediu ajuda a outra pessoa. Esta tentou alertar, mas o homem estava convencido de que o dinheiro seria destinado à compra dos remédios de sua mulher.

Depois de transferir R$1.500,00, o homem tentou ligar de volta para o número que o havia contatado, foi então que percebeu que havia caído em um golpe. Conforme a vítima, familiares de outros pacientes, que estão internados no mesmo hospital, relatam também terem sido lesadas neste tipo de crime. Uma das vítimas transferiu R$5 mil para o farsante.

Deixe seu comentário