Na tarde desta quarta-feira (26), o presidente da Câmara Municipal de Montenegro, Neri de Mello Pena – Cabelo (PTB), divulgou uma nota confirmando que a CPI do Loteamento Bela Vista terá continuidade, apesar da saída de dois dos cinco componentes da Comissão.

De acordo com a nota divulgada, após a retirada dos vereadores Josi Paz (PSB) e Juarez da Silva (PTB), em 13 de abril, o presidente da Comissão, Talis Ferreira (PR), encaminhou o processo para manifestação da presidência da Câmara. “De imediato como presidente, encaminhei para a área competente dentro do Poder Legislativo para parecer jurídico, que apontou pela continuidade dos trabalhos mesmo com três membros”, relata, em nota, Cabelo.

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi instalada no início de abril, através do Requerimento nº022/2017, objetivando investigar a Responsabilidade na Construção, Fiscalização e Execução das Residências do Loteamento Bela Vista – PSH. Poucos dias depois, após a participação da imprensa ser vetada nas reuniões da CPI, Josi e Juarez optaram por sair da Comissão de Inquérito.

O regimento interno da Câmara permite que seja dada continuidade à investigação, já que não determina número mínimo de participantes em uma CPI.

A Comissão Parlamentar de Inquérito terá sua primeira reunião marcada, diante deste novo quadro, nesta quinta-feira (27) de abril, a partir das 9h, na sala de reuniões do Poder Legislativo. Os vereadores Talis Ferreira (presidente), Rose Almeida e Valdeci de Castro ambos do PSB, compõem a investigação.

Deixe seu comentário