Pela primeira vez, em quase 30 anos, a Câmara de Vereadores realiza uma CPI e veta o acesso da imprensa nas reuniões. A decisão é do vereador Talis Ferreira (PR), presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, que pretende investigar irregularidades na construção do loteamento Bela Vista, no bairro Estação. Segundo o parlamentar, os meios de comunicação terão acesso apenas ao que for divulgado pela assessoria de comunicação do legislativo. O vereador alegou que a decisão visa garantir maior tranquilidade à investigação. Os demais componentes da CPI, Juarez da Silva (PTB), Rose Almeida (PSB), Josi Paz (PSB) e Valdecir de Castro (PSB), não se opuseram à decisão do presidente.

Deixe seu comentário