Equipe que esteve envolvida durante o evento alusivo ao Outubro Rosa

Gratuito. A ação teve a parceria do Instituto Embelleze, que ofertou design de sobrancelhas, em alusão ao Outubro Rosa

Outubro é o mês de conscientização do câncer de mama, e diversas ações vêm sendo realizadas na cidade em alusão ao Outubro Rosa, que traz a importância do autoexame e da prevenção da doença. Uma delas realizada ontem, no ambulatório adulto da Secretaria Municipal de Saúde, das 14h até as 16h. A promoção foi da própria instituição em parceria com o Instituto Embelleze.

Diversas pessoas cortaram os cabelos e fizeram a sobrancelha em ação realizada pela Secretaria Municipal de Saúde em parceria com o Instituto Embelleze

Cortes de cabelos e designs de sobrancelhas gratuitos foram ofertados tanto ao público feminino quanto masculino. E a sala onde foram realizados ficou cheia, ocupada por quem buscava valorizar o olhar com a sobrancelha bem feita, ou renovar o visual aparando as madeixas. O objetivo também era arrecadar cabelos para doação a instituições que atendem mulheres com câncer.

A enfermeira Marlise Maria Klaus, 46 anos, e a psicóloga Aline Massena da Silva, 31 anos, ambas colaboradoras da Secretaria, explicam que inicialmente o evento seria apenas para acompanhantes de pacientes tratados ali. “Pela dificuldade que muitos têm em sair de casa, pois são cuidadores 24 horas por dia, sete dias por semana e 365 dias por mês. Mas a ação acabou sendo aberta ao público”, afirma Marlise.

As profissionais ainda destacam que a Embelleze já atuou conjuntamente em outras atividades solidárias na Secretaria. “A principal questão ao promover eventos assim é elevar a autoestima das pessoas que muitas vezes não têm tempo nem para cuidar de si próprias, aproximar a equipe de saúde com a comunidade e oportunizar a troca de experiência”, enfatiza Marlise.

Márcia Lotterman, instrutora do Embelleze e uma das sete representantes do instituto, afirma que diversas outras ações são realizadas no decorrer do ano, e que essa, em especial, integrou a programação do Outubro Rosa.

“É um serviço social que beneficia a comunidade; é uma pequena parte de um todo, é ajudar um pouquinho. Os alunos voluntários também têm a oportunidade de praticarem os cortes de cabelo. E, às vezes, mudar o visual faz toda a diferença na vida de quem recebe o serviço. Melhora a autoestima”, salienta.

Diva Pereira, 53 anos, ficou sabendo através de uma enfermeira sobre o corte de cabelos e resolveu se candidatar. “Aí optei por um retoque nos fios, mudar um pouquinho só o visual e também fazer a sobrancelha. Acho a realização muito importante para termos a oportunidade de dar aquele Up, como dizem. E é a segunda vez que participo do evento”, conclui.

 

Deixe seu comentário