Linha de casos confirmados por dia segue em aclive livre. Foram mais 26 desde o dia 30. Foto: SES/RS
Maioria dos casos está na faixa etária em mercado de trabalho

O Rio Grande do Sul atualizou seu Boletim Epidemiológico Eletrônico do Covid-19, registrando agora 316 casos confirmados, após ter iniciado o dia com 305 testes positivos. E desde a segunda-feira, dia 30, houve o maior salto desde o início da pandemia, com 26 casos em três dias. Destes, 190 pacientes estão em Porto Alegre.

E na tarde desta quarta-feira, dia 1º, a Secretaria de Saúde confirmou a quinta morte por Covid-19 no estado. Não se trata de um idoso, mas de um homem de 59 anos e sem histórico de outras doenças. Ele era da faixa etária 50 a 59, que, com 54 pessoas doentes, está entre aquelas que concentram a maior parte dos infectados. Pessoas entre 20 e 69 anos são as mais infectadas.

Este, que é a primeira vítima de abril, estava internado em Porto Alegre, no Hospital Moinhos de Vento, desde o dia 20 de março; e assim elevou o registro de óbitos na Capital para três vítimas do novo Coronavírus. As outras duas mortes no RS foram registradas em Novo Hamburgo.

Os demais estão distribuídos em 52 municípios gaúchos. Bagé – na Metade Sul– segue como segunda cidade que concentra o maior número de infectados com 15 casos, seguido agora de Caxias do Sul que, com 13 casos, passou Canoas (8 casos). Pela primeira vez uma cidade do Vale do Caí aparece na estatística, após São Sebastião do Caí confirmar dois casos.

São Sebastião do Caí entrou na lista nesta quarta-feira

Já de acordo com o último balanço realizado pelo Ministério da Saúde, às 17h desta quarta-feira, 1°, o Brasil já conta ao total com 241 mortes devido ao novo coronavírus e 6.836 casos confirmados. A região Sul fica em 3° na lista com mais casos confirmados, com 765.

Deixe seu comentário