Itens são os mais procurados nas farmácias quando o assunto é evitar doenças

Prevenção. Comunidade garante os produtos que ajudam a combater a contaminação por diversos vírus

Preocupado com os netos, Elair já aderiu à prevenção

Os dois casos suspeitos de Coronavírus que estão sendo investigados em Montenegro preocuparam muita gente. Pelo comércio montenegrino, farmácias têm grande procura por itens que auxiliam na prevenção do vírus e também da gripe, como álcool gel, lenços e máscaras. Com as medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde, a população está seguindo à risca as orientações de prevenção. A procura é tanta que já causou falta dos produtos no estoque e aumento de preços nos estabelecimentos.

Na quinta-feira foi o maior movimento, segundo a balconista Kaiane Simas da Silva. No estabelecimento em que trabalha já tem até cartaz recomendando a compra dos produtos. O álcool gel está sendo vendido em kit, além dos lenços e máscaras na promoção. “Teve bastante aumento do preço”, conta ela.
E não foi diferente em outras farmácias. Com a chegada de uma remessa de doze frascos álcool gel, segundo a balconista Jessica Dickel, em meia hora, já estavam todos vendidos. “Máscara a gente não tem, mas também pedem muito”, explica. Alem disso, ela relata que o principal motivo da procura pelos itens é fortalecer a imunidade.

Não faltou estoque vazio em outros locais. A balconista Monice Alessandra de Souza relatou que, de quarta-feira, 26, até a sexta-feira, 28, os estoques de álcool gel foram zerados. “As pessoas estão gripadas e apavoradas”. Ela conta que muitos procuram para se proteger da doença ou porque um “amigo está doente” e têm medo da contaminação.

A aposentada Jussara dos Santos acredita que a falta de informação acaba piorando a situação

Prevenção em primeiro lugar
“Tem que se preocupar porque apareceu do nada”, relata a aposentada Jussara dos Santos, 58. Ela conta que o que mais assusta é ter que se cuidar, mas não saber exatamente o que é o vírus. “É muita falta de informação”. Em sua residência, ela costuma lavar as mãos frequentemente e usar álcool gel. No caso da vacinação contra a gripe, Jussara já está planejada para fazer. “Primeiro dia já tem que fazer. Melhor prevenir do que remediar”, finaliza.
Para a cozinheira Maria Camargo, 54, o importante é se prevenir. “Temos que nos prevenir e entregar na mão de Deus”, comenta. Moradora de Triunfo, Maria também cuida de uma idosa e tenta ao máximo estar sempre higienizada. “Uso álcool gel e luvas”, conta.
Já no caso de Elair Ferreira, 43, a maior preocupação são os dois netos pequenos. “Tem bastante boato, é mais preocupação pelas crianças”, explica. O metalúrgico já aderiu a algumas medidas em casa, como o uso de vinagre e álcool gel. Confira
os preços

Com a grande procura, o que sobrou na prateleira da farmácia foram três frascos de álcool gel manipulado

Confira os preços
Na primeira farmácia pesquisada, o kit de álcool gel, com 500ml e um frasco de 90ml de brinde, sai pelo preço de R$19,90. Já a máscara, com uma unidade, R$ 9,99. A caixa de lenços com 100 unidades é vendida por R$ 7,99.
Em outro estabelecimento, o álcool gel ofertado é de 400g, e está no valor de R$ 10,00. Já a caixa de lenços, com 60 unidades, R$ 4,29, os lenços menores, de seda, saem no valor de R$ 1,99.

Deixe seu comentário