Controladores deixarão de operar devido ao fim do contrato entre o DNIT e a empresa responsável. FOTO: REPRODUÇÃO

Os aparelhos controladores de velocidade da BR-386 estão sendo retirados da rodovia. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou a descontinuidade do controle pelos equipamentos devido ao fim do contrato entre o DNIT e a empresa Kopp, que era responsável por manter o serviço. A retirada afeta todo o estado, inclusive o trecho que passa por Montenegro, na ligação com os municípios de Triunfo e Nova Santa Rita.

Dado o crescente número de acidentes registrados na rodovia federal nos últimos meses, a informação preocupa. Somente no sábado, dia 2, duas batidas foram registradas na região e deixaram feridos. A PRF salienta, diante disso, que continuará efetuando fiscalizações com o radar fotográfico e reforça a importância de os motoristas respeitarem os limites de velocidade estipulados.

Haveria previsão de um novo contrato entre o DNIT e a Kopp, mas, como a 386 passará a ser de responsabilidade da concessionária CCR a partir de 15 de fevereiro – a empresa venceu o leilão de concessão e, inclusive, terá a responsabilidade de instalar o anunciado pedágio no trecho – ainda não há informações sobre a recolocação dos controladores.

 

Deixe seu comentário