Tok de Bola foi campeão da Série Ouro pelo segundo semestre consecutivo

Futebol sete. Nos pênaltis, time do Unibol conquistou o título na Série Prata

Duas grandes partidas fecharam, com chave de ouro, o segundo semestre do campeonato de futebol sete do Grêmio Gaúcho, na tarde de sábado, 21. Na disputa da Série Prata, o Unibol comemorou o título ao superar o Skinão/César Confecções/Side Sul nos pênaltis, após empate no tempo normal. Já na decisão da Série Ouro, o Tok de Bola levou a melhor sobre o Os Restos/Mar de Chopp em um duelo emocionante até o fim e conquistou o bicampeonato no clube.

Em êxtase, os jogadores William Machado e Fronteira comemoram o segundo gol do Tok na grande decisão

Campeão da Copa Genifer Sports no primeiro semestre, o Tok de Bola iniciou a partida deste sábado disposto a liquidar a fatura logo cedo. Logo no primeiro minuto de jogo, Fronteira cobrou falta de longe e o goleiro Marcelo de Jesus espalmou. No escanteio, Amauri Viveira cabeceou e Marcelo segurou firme. Aos cinco, William Machado ganhou da defesa e tocou por cobertura, mas a zaga do Os Restos salvou em cima da linha.

Aos 10 minutos, Tabajara cobrou falta, o goleiro deu rebote e Richard Eduardo, o Du, mandou para o fundo do gol, abrindo o placar para o Tok de Bola. Três minutos depois, Tabajara desviou de cabeça e encontrou William Machado, que avançou e tocou com categoria na saída do goleiro, ampliando a vantagem.

O Tok de Bola dominava o confronto e criava as melhores chances, mas aos 20 minutos, Alan de Castro colocou o Os Restos no jogo. Ele recebeu na intermediária e arriscou um chute de bico, no alto, sem chances para Samir. O gol deu novo ânimo para o Os Restos, que tomou a iniciativa na segunda etapa. Aos cinco minutos, João Henrique recebeu livre, tocou por cima de Samir, mas também por cima da meta.

Aos 16, o Os Restos teve falta frontal para cobrar. Com muita gente na barreira, a batida foi por cobertura, Samir espalmou e Alisson Rodrigues, de cabeça, empatou a decisão. Porém, dois minutos mais tarde, o Tok de Bola voltou a ficar em vantagem. Após cobrança de escanteio, Amauri cabeceou, a zaga afastou, mas a bola voltou nos pés de Amauri, que finalizou para o fundo do gol.

Atletas do Unibol festejam o título da Série Prata. Conquista veio nos pênaltis

Nos instantes finais, o clima esquentou, Tabajara (Tok) e Alan (Os Restos) foram expulsos, mas o placar não mudou mais. O Tok de Bola venceu por 3 a 2 e conquistou o título da Série Ouro pelo segundo semestre seguido no Grêmio Gaúcho.

Unibol faz a festa na Série Prata
Na outra final da tarde, válida pela Série Prata, Unibol e Skinão protagonizaram um embate equilibrado, com muitas chances de gol e também muita reclamação com a arbitragem. No primeiro tempo, Wesley Ramos marcou dois gols e colocou o Skinão em vantagem. Ainda na primeira metade, Victor Ferreira descontou para o Unibol. Na etapa final, em meio a muitas faltas cometidas e reclamações, Cristian dos Santos balançou as redes para o Unibol deixou tudo igual. Com o empate em 2 a 2, a decisão foi para os pênaltis.

Decisão da divisão de acesso foi equilibrada do início ao fim. Unibol e Skinão disputarão a Série Ouro em 2020

Na primeira cobrança, Mcgiver converteu e colocou o Unibol na frente. Wesley Ramos bateu bem e deixou tudo igual. Cristian dos Santos cobrou o segundo do Unibol e mandou na trave. Jonathan Vargas deslocou o goleiro e virou para o Skinão. Paulinho, do Unibol, cobrou com perfeição e igualou. Na última cobrança, bastava Roberto Machado converter que o Skinão seria campeão. Mas o goleiro Eleandro voou no canto para defender.

Nas cobranças alternadas, Victor Ferreira marcou para o Unibol. Arlei Conte deslocou Eleandro, mas mandou para fora e o Unibol comemorou o título da Série Prata.

Deixe seu comentário