Abertura do desfile em São José do Sul se deu com o prefeito carregando a Chama Crioula

Farroupilha. Eventos ocorreram na manhã do dia 20 de setembro e reuniram centenas de pessoas

Alunos da EMEF Professora Valéria Maria Kirch e de outras escolas fizeram bonito

As comunidades de Brochier e São José do Sul demonstraram, no dia 20 de setembro, todo o seu orgulho de ser gaúcho. Desfiles – que tiveram como tema a vida e obra de Paixão Côrtes – realizados pela manhã de ontem, mobilizaram a população dos municípios e também de cidades vizinhos, como Maratá, que teve entidades participando no desfile de Brochier.

Família Nied levou o pequeno Valetim, de apenas três meses, pilchado para assistir ao Desfile Farroupilha

Apesar do tempo encoberto e do vento frio que fazia, a comunidade de São José do Sul se fez presente para assistir e também participar do Desfile Farroupilha e de Tratores realizado no Centro da cidade. Um bom público acompanhou o momento, que também homenageou os produtores rurais do Município através do desfile de tratores. De acordo com o a secretária de Educação, Cultura, Desporto e Turismo de São José do Sul, Paula Cristina Primaz, a ideia de valorizar o agricultor e a comunidade se deu em razão de não ter havia o Desfile das Comunidades em abril, durante as comemorações de aniversário do Município.

Presença de tratores no desfile de São José do Sul destacou importância dos agricultores para a economia

Para o agricultor e vereador Gerson Schütz, o desfile dos tratores foi uma oportunidade de divulgar as atividades do setor primário do Município que é 80% agrícola. Além de familiares, ele levava na carreta de seu trator o casal Osvaldo e Erma Lerner. Ele com 92 anos e ela, com 89, seguem na ativa no interior e já participaram de outros desfiles. Inclusive, Osvaldo demonstrou o funcionamento de um moedor de pasto centenário fabricado em Frankfurt, na Alemanha.

Entidades de Brochier e Maratá desfilaram na Capital do Carvão Vegetal

Se o casal formado por Osvaldo e Erma eram dos mais velhos presentes no evento, um dos mais jovens era o pequeno Valetim Nied, de apenas três meses. Ele foi ao desfile com os pais Tiele Viegas Nied, 29 anos, e Juliano Nied, 33, e o irmão Thiago, cinco anos, que desfilou com sua escola. “É importante a participação em um evento da nossa cultura desde cedo”, destacou Tiele. Ela salientou também a importância de a comunidade prestigiar eventos como o realizado ontem.

Deixe seu comentário