Cáritas será responsável pela distribuição dos donativos para famílias carentes

Sábado é dia de compras, certo? De repor o que está faltando na geladeira e armários de casa. Sim, mas neste sábado, 7, o dia também foi reservado à solidariedade, que levará mantimentos para armários de famílias sem condições de fazer suas compras. Durante toda a manhã, pontos de coleta foram instalados nas entradas dos supermercados Via II das ruas Buarque de Macedo e José Luiz, no Supermercado Imec, no Supermercado Mombach Timbaúva e no Mercado Centenário, além da praça Rui Barbosa. Foram mais de 500 quilos de alimentos arrecadados.

Quem ficou a postos nos postos de coleta foram voluntários do Jornal Ibiá, da Paróquia São João Batista e do Movimento de Cursilhos de Cristandade. O casal Amanda Gehlen e César Viegas deixou o conforto de casa, na manhã fria de sábado para recepcionar os clientes de um dos mercados, informando da campanha e pedindo uma colaboração. É claro que nem todos colaboram – seja por não ter condições ou não ter tido o coração tocado por esta ação solidária – mas puderam ver que muita gente acrescentou um ou alguns quilos de alimentos nas sacolas e ofereceu à campanha. Amanda resumiu a razão por participarem como voluntários com uma palavra: agradecimento. “É gratificante e uma forma de agradecer. Por tudo o que temos, sobretudo a saúde”, disse.

Na outra entrada do mesmo estabelecimento estava Leonardo Seibel, também integrante do Movimento de Cursilhos; e Sirlei Alves, funcionária do Jornal Ibiá. Ele relata que a receptividade dos montenegrinos foi boa à campanha. “Na entrada nós explicamos a causa que nos traz aqui nessa manhã de sábado e, na saída do mercado, muitos deixam a sua colaboração. É bacana, também porque quem doa acaba criando um laço com a campanha”, diz Leonardo. Ele cita, ainda, a importância para quem além do alimento, doou seu tempo. “Você é convocado a ajudar, numa manhã fria, mas então chega aqui e encontra outros, conversa, interage. E isso te traz coisas boas, muita energia positiva”, conclui. Como incentivo extra aos participantes, quem doou alimentos ganhou assinaturas digitais do Jornal Ibiá para ficar bem informado sobre os principais acontecimentos da região.

Estes 550 quilos se juntam ao arredado na Caravana do Bem, ocorrida no domingo anterior, dia 31 de maio. Neste dia, a comunidade doou 1.625 quilos. Esse total ainda foi dobrado pela Sinoscar Montenegro. Assim como o montante arrecadado em frente aos mercados, o obtido na Caravana do Bem foi entregue à Cáritas e destinado para famílias carentes atendidas pela entidade.

Deixe seu comentário