Amor pelo esporte fala mais alto. Participantes vieram de diferentes partes do Estado

Evento de carrinhos de lomba agitou o bairro montenegrino no domingo

A tarde do último domingo, 23, foi de diversão e adrenalina no bairro Rui Barbosa, em Montenegro. O local sediou a primeira edição do “Rei da Ladeira”. Carrinhos de variadas modalidades fizeram a descida das lombas da rua Simões Lopes Neto com a Flores da Cunha, animando o público com muita velocidade e trazendo de volta as lembranças da infância. Muitos ali, afinal, cresceram se aventurando com os clássicos “carrinhos de lomba”.

O evento reuniu 38 competidores de municípios como Caxias, Porto Alegre, Nova Hartz e Novo Hamburgo. Eles foram divididos em três categorias. A “carrinho de lomba”; a “rolimã”; e a “força livre”, onde entraram os trike’s, os longboard’s, os sleed’s e os luge’s, todos tipos de “carros” que andam somente por gravidade na descida.

Para muitos, eventos do tipo são como voltar a ser criança. Os sorrisos deixam isso claro

Organizador do evento, Jaime Büttenbender era o nome por trás, também, do Festival de Drift Trike, que teve duas edições em Montenegro em anos anteriores. Ele conta que resolveu reformular o evento, criando o “Rei da Ladeira” para abrir espaço aos demais praticantes das descidas. “Já chamamos ‘Rei da Ladeira’ para ver qual deles que chegaria na frente”, explica.

E não deu trike. Na força livre, dois luge’s ocuparam as duas primeiras posições, seguidos por dois sled’s. O primeiro trike com a melhor pontuação na competição ocupou, apenas, o quinto lugar. “Até nos surpreendeu”, admite Büttenbender. A ideia, agora, é que o “Rei da Ladeira” se torne um evento anual, sempre no mês de junho. Quem sabe, os trikes não dão a volta por cima até lá!?

Diversão que faz a diferença
Quem tirou a tarde quente para prestigiar a competição não queria apenas torcer por quem ganha. Conferir os mais variados tipos de “carro” foi um show à parte, especialmente para a criançada que lotou as calçadas da rua Flores da Cunha.

De Viamão, Adriano trouxe sua Brasília amarela para Montenegro

Um dos que mais chamava atenção, era a mini Brasília amarela de Adriano Negreiros, 47 anos. Ele adaptou seu carrinho de lomba para imitar o clássico veículo e descia a ladeira arrancando aplausos. “Nós começamos como uma brincadeira em 2005, mas aí gostamos”, recorda. Em Viamão, onde mora, o operador de guincho usa o contraturno para treinar e se divertir. “Isso tira o meu estresse”, declara.

Atração do último domingo contou com carrinhos de variadas modalidades

CONHEÇA OS VENCEDORES:

  • CARRINHO DE LOMBA: 1° César / 2° Diego / 3° Adriano
  • ROLIMÃ: 1° Dimas / 2° Felipe / 3° Juan
  • FORÇA LIVRE: 1° Igor (luge) / 2° Beto (luge) / 3° Ivanor (Sled) / 4° Lito (Sled) / 5° Zapalai (Trike) / 6° Guilherme (Trike) / 7° Fofa (Trike) / 8° Naty (Trike)

Deixe seu comentário