Mercado , no Centro, começou a montagem da tradicional exposição de ovos de chocolate nesta semana.

Comemoração é só no dia 21 de abril, mas estabelecimentos montenegrinos já iniciaram a venda de itens da época

Mal passou o Carnaval e o comércio montenegrino já começa a se voltar para a Páscoa. As empresas de decoração iniciaram a confecção de itens com a temática da data, tudo adornado com coelhinhos, ovinhos e afins. As de embalagens estão a mil por hora, reforçando o estoque para prover os insumos dos itens da comemoração. E o item favorito do feriado cristão também já “dá as caras” em muitos dos estabelecimentos da cidade. Pode comemorar que começou a temporada do chocolate!

A Páscoa é só no dia 21 de abril e, no supermercado onde atua o gerente comercial Alexandre Buza, metade dos itens da época já estão nas prateleiras. Na última terça-feira, inclusive, uma representante trabalhava – de pé, em cima de uma caixa para ganhar altura – pendurando coloridos ovos de chocolate nas tradicionais gôndolas de Páscoa. Quem não gosta, afinal, de passar por baixo do expositor a apreciar os diferentes itens expostos? Até essa sexta-feira, o estabelecimento já quer estar com tudo pronto para a comemoração.

Alexandre explica que os preços e o custo do mercado não variam muito com toda essa antecipação. A vantagem buscada, neste caso, está na forma como a empresa passa a ser vista pelos consumidores. “O que acontece quando iniciamos a exposição mais cedo é que podemos mostrar ao cliente que já estamos preparados”, destaca o gerente. “E o consumidor que antecipa as compras tem a garantia de encontrar o seu produto preferido, já que, com a proximidade da Páscoa, os de maior demanda vão acabando.”

Brenda produz ovos de colher e diz que encomendas antecipadas são vantajosas à empresa, com a aquisição dos insumos podendo ser adiantada

Preparando um estoque com diversas marcas – inclusive com linhas diet, light, sem glúten e sem lactose – o supermercado reconhece que a linha infantil segue sendo o maior destaque do feriado. É por isso que ovos com temas da cultura pop – representada em figuras e marcas como Barbie, Vingadores, Mulher Maravilha e Hot Wheels – estão entre os priorizados para este ano. “A expectativa é um crescimento de 20% em ovos de chocolate”, revela Alexandre.

Quem também está com a expectativa nas alturas é a empresária Brenda Nath, que abriu uma loja de doces há três anos e, nessa época, prospera com a fabricação de um item que tem sido “febre” nas últimas Páscoas: os ovos de colher. Tendo vendido 1.500 unidades em 2018, enquanto trabalhava só no mercado local, Brenda fechou parcerias com representantes na Serra e na Grande Porto Alegre para este ano. Já recebendo encomendas, ela espera que as vendas cresçam em 165%, chegando às 4 mil unidades vendidas.

“O ovo de colher é um sucesso total. Acho que é em função de ser algo bem caseiro, com tudo feito aqui na loja e nada artificial”, avalia a empresária, em comparação aos ovos de chocolate tradicionais.

Ela explica que há toda uma vantagem operacional ao estabelecimento em já estar recebendo as encomendas desde agora. Assim, a loja já consegue organizar a compra de todos os seus insumos, evitando gastos desnecessários. E como foi sugerido ainda durante as vendas dos chocotones do último Natal, o ovo com sabor de Nutella deve ser o favorito desta Páscoa.

Deixe seu comentário