Heptacampeão! 21 de Julho goleou o Peludos e conquistou o título da Série A pela sétima vez

Maior campeão em atividade no Cantegril, o 21 de Julho levantou a taça da Copa Brenner Ford mais uma vez neste sábado. Com três gols do ala Felipe Quevedo, a equipe derrotou o Peludos F.C./HP Engenharia por 4 a 1 e faturou o heptacampeonato da Série A no clube. Na divisão de acesso, o título ficou com o tradicional Alma Castelhana/TSK Sports, que venceu o Celtic por 2 a 0. Já na categoria Veterano, a Brenner/Beer’s Company comemorou o título ao derrotar o Forneck Mattana/+QD+ pelo placar de 2 a 1.

A decisão da categoria principal começou estudada. As duas equipes não cediam espaços nos minutos iniciais. Porém, aos oito minutos, o árbitro Márcio Chagas – uma das atrações da tarde – assinalou falta frontal para o 21 de Julho a poucos passos da grande área. Na cobrança, Cauê Gonçalves rolou para Felipe Quevedo, que chutou no ângulo e abriu o placar.

Aos 14, o Peludos quase empatou. Diego Logue ganhou da defesa e bateu, o goleiro Samir deu rebote e Lindomar mandou por cima. Na segunda metade de jogo, o Peludos teve a iniciativa, mas foi surpreendido. Em contra-ataque rápido aos três minutos, Cauê tocou para Felipe Quevedo, que bateu de primeira e ampliou para o 21.

Em novo contra-ataque, aos 11 minutos, Capela fez boa jogada, limpou a defesa e rolou para Rodriguinho, que completou para o gol vazio e aumentou a vantagem para 3 a 0. O Peludos fez o gol de honra aos 17 minutos, com Diego Logue, cobrando falta. Porém, aos 19, Felipe Quevedo puxou mais um contra-ataque, driblou o zagueiro e tocou na saída do goleiro Marcelo Gabriel para fazer seu terceiro gol na decisão e fechar o placar: 4 a 1.

Alma Castelhana volta à elite em grande estilo

Alma Castelhana venceu por 2 a 0 e levantou a taça da Série B

O tradicional Alma Castelhana conquistou o acesso para a Série A no último final de semana. Mas a cereja do bolo veio neste sábado. Com atuação segura do sistema defensivo e muito eficiente no ataque, o Alma venceu o Celtic e levantou a taça da Série B. Aos 10 minutos, a equipe aproveitou bobeada do Celtic, trabalhou bem a bola no campo de ataque e Eduardo da Rosa finalizou na saída do goleiro para abrir o placar.

Com uma equipe bastante jovem, o Celtic buscou a reação. As melhores chances do time saíram do pé canhoto de Arthur Orth, que tentava de todas as formas balançar as redes. No entanto, um novo erro do Celtic na defesa foi fatal. Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Lourenço Macedo, o Baré, puxou contra-ataque e rolou para Diego Kayser, que bateu na saída do arqueiro rival e ampliou para o Alma Castelhana.

Depois disso, o Alma se defendeu bem, administrou a vantagem e festejou o título da divisão de acesso.

Deixe seu comentário