Júlio César da Motta (ao centro) comemora o primeiro gol do Ellite na competição

Grêmio Gaúcho. Rodada de abertura teve 27 gols em sete partidas

Depois de sete meses, a bola finalmente voltou a rolar nos campos do Grêmio Gaúcho. No último sábado, dia 17, o clube deu início ao Campeonato de Futebol Sete deste ano, seguindo todos os protocolos para evitar o contágio do novo coronavírus. Sete partidas marcaram a abertura do certame, que terá duração de dois meses e será disputado em formato semelhante ao do torneio de Verão. Dois jogos terminaram sem gols, mas em outros cinco embates os artilheiros estavam inspirados.

Partida entre Ellite e Tricolor foi bastante equilibrada na tarde do último sábado

Logo no primeiro jogo da competição, o tradicional Expulsos do Bar, um dos favoritos ao título, não deu chances ao Amigos do Tione/Genifer Sports e goleou por 5 a 0, com gols de Ian Martins (duas vezes), Jocemar Vargas, Allison Rodrigues e Jonathan Vargas. Além do Expulsos, as equipes Unibol e Trans Brothers também golearam seus oponentes na estreia.

O Unibol aplicou 7 a 1 no Absolut/TBS e fechou a primeira rodada na liderança da chave B. Já o Trans Brothers fez 7 a 0 no Blitz Luminosos/88/Pier2/Ricardinho Automóveis e, além de não ter sofrido gol, foi o único time a não receber nenhum cartão amarelo na abertura da competição. Lidera a chave A do torneio. Outra equipe que somou três pontos no sábado foi o tradicional Ellite, que superou o Tricolor/Toco Consórcios pelo placar de 2 a 1.

Outro duelo parelho da rodada foi Tok de Bola e Mercenários, que terminou empatado

O Ellite tomou a iniciativa e foi para cima do adversário nos primeiros minutos. No primeiro lance, Magnus “Blau” tabelou com Arthur Orth pelo meio e bateu forte, mas a bola subiu demais. Aos dois minutos, Arthur fez bom lançamento para Igor Mateus, que bateu com capricho, mas a bola tirou tinta da trave. Depois disso, o ritmo do jogo diminuiu, também devido ao calor de 30°C.

Aos 13 minutos, Danimar Miotto recebeu cruzamento na área e teve a chance de abrir o placar para o Tricolor, mas a finalização saiu desviada. Aos 17, Inácio Neis recebeu ótimo passe na cara do gol, mas o goleiro Nilmar da Silva saiu bem para salvar o Tricolor. No limite de faltas cometidas nos minutos finais do primeiro tempo, o Tricolor tratou de esfriar o duelo.

Todos os atletas e comissões técnicas passaram por medição de temperatura na entrada do clube

A primeira boa chance da etapa final foi do Tricolor. Aos seis minutos, Bruno de Vargas avançou pela direita e chutou forte, mas a bola foi na rede pelo lado de fora. Porém, quem conseguiu balançar as redes foi o Ellite. Aos 10, Júlio César da Motta recebeu na área, girou sobre a marcação e finalizou no alto, sem dar chances para o goleiro. Cinco minutos mais tarde, o goleiro Nilmar cometeu pênalti. Acácio Correa cobrou bem, deslocou Nilmar e ampliou para o Ellite.

Aos 18 minutos, Nilmar fez grande defesa e evitou o terceiro gol do Ellite. Luan Fritzen fez boa jogada pela direita e cruzou para Blau, que se esticou e finalizou bem, mas parou no goleiro adversário. No lance seguinte, Vitório Flores saiu na cara do goleiro Gian. Os dois atletas dividiram e a arbitragem marcou pênalti. Na cobrança, Fagner Junges deslocou Gian e descontou para o Tricolor. No fim, o placar de 2 a 1 resumiu bem o que foi a partida.

Resultados da 1ª rodada
Amigos do Tione/Genifer Sports 0 x 5 Expulsos do Bar
Ellite 2 x 1 Tricolor/Toco Consórcios
Absolut/TBS 1 x 7 Unibol
JDN/Ferrari Fast Food 0 x 0 Os Restos/Camisaria Cornélios
Unidos Pela Gelada 0 x 0 Carandiru F.C.
Mercenários 2 x 2 Tok de Bola
Trans Brothers 7 x 0 Blitz Luminosos/88/Pier2/Ricardinho Automóveis

Deixe seu comentário