Foto: Arquivo Portal Jornal Ibiá

As aulas da rede pública de ensino no Rio Grande do Sul voltam em junho. A confirmação veio do governador Eduardo Leite em pronunciamento ao vivo via Facebook na tarde desta quinta-feira, 30 de abril. O recesso de 15 dias previsto para julho será adiantado e contado durante dias parados durante o mês de maio. Até então, segundo o governo, estudantes têm recebido atividades para realizarem em casa.

Leite anunciou que, ao final da próxima semana, vai lançar novo decreto estadual com protocolos a serem seguidos pelos diferentes setores da sociedade, inclusive para as escolas. Isso será separado por regiões. Esse tempo maior, até junho, será para um preparo da rede pública às novas normas, com reforço de equipe, aquisições de equipamentos e melhoria de estrutura.

A partir deste novo decreto, com os protocolos, a rede particular já terá liberdade para funcionar durante maio, desde que as instituições estejam devidamente adaptadas. Em sua fala, Eduardo Leite indicou ainda que o ano letivo, “provavelmente”, vai até janeiro de 2021.

Não é descartada a possibilidade de prorrogação da data, de acordo com a evolução da contaminação pelo novo coronavírus.

Deixe seu comentário