FOTO: ARQUIVO/JORNAL IBIÁ

FAIXA NOBRE permite que os veículos fiquem parados no mesmo local por, no máximo, duas horas

Após um hiato de quase seis anos, o Centro de Montenegro volta a ter estacionamento rotativo pago nesta segunda-feira. De segundas a sextas-feiras, das 9h às 18h, e, aos sábados, das 8h às 12h, todos os motoristas deverão pagar para deixar seus carros e caminhonetes no perímetro formado pelas ruas João Pessoa, Capitão Cruz, Fernando Ferrari e Santos Dumont e arredores. Os valores começam em R$ 1,00 para meia hora e vão até R$ 4,00 para duas horas. Não será permitido ocupar a mesma vaga por mais do que 120 minutos. Motos só poderão ficar nos espaços destinados previamente a elas, mas, em compensação, estarão isentas da cobrança.

Ao todo, serão 1.160 vagas numeradas e sequenciais, com pelo menos 4,70 metros cada. A operação do sistema, também chamado de Faixa Nobre e Faixa Azul, ficou a cargo da empresa Sistema de Estacionamento Veicular do Brasil (Serbet), escolhida pela Administração por meio de licitação. Como pagamento pela concessão, ela repassará à Prefeitura de Montenegro 22,53% da arrecadação.

De acordo com o supervisor de operações da Serbet, Fábio Smanhotto, muita gente tem procurado os monitores – são 18 – para esclarecer dúvidas, desde a semana passada, quando eles passaram a atuar nas ruas. “Nossa equipe está pronta para ajudar”, reforça, lembrando que o objetivo é tornar o trânsito mais seguro e humano.

Fábio também explica que o sistema pode sofrer adaptações no futuro, caso haja essa necessidade. Uma das queixas que já vêm sendo feitas diz respeito aos motoboys, que não poderão mais ficar estacionados em frente aos estabelecimentos para os quais trabalham, esperando que lanches e outros produtos fiquem prontos para entrega. Num primeiro momento, cada empresário terá de encontrar suas próprias alternativas.

No perímetro da cobrança, foram reservadas 55 vagas para idosos e 22 para deficientes. Seu uso será gratuito por até uma hora, mas o veículo deve ser devidamente identificado com uma placa fornecida pelo Departamento de Transporte e Trânsito da Prefeitura.

A criação da Faixa Nobre atende a uma antiga reivindicação da comunidade diante da falta de espaço para estacionar no Centro, que concentra a maior parte das lojas e prestadores de serviços. Quem não quiser pagar pelo uso, deverá deixar seu carro em ruas próximas onde não haverá cobrança.

Aplicativo é o método mais simples para o usuário

As várias formas de comprar créditos na Faixa Nobre
As modalidades de compra de créditos/espaços na Faixa Nobre são basicamente quatro: diretamente com o funcionário da Serbet, por meio de cartões pré-pagos, recorrendo aos parquímetros ou através do aplicativo “Estacionamento Digital”.

Com o monitor
Quando estacionar, basta informar quanto tempo vai ficar e pagar diretamente a ele o valor referente – de R$ 1,00 para meia hora a R$ 4,00 para duas horas.

Com cartões pré-pagos
Poderão ser adquiridos com os monitores ou em cerca de 20 pontos de venda, com créditos pré-estabelecidos. Quando estaciona, o motorista deve apresentá-lo ao monitor para ativação pelo tempo necessário ou ir até um dos parquímetros para fazer a operação.

Nos parquímetros
As torres operam com cartões de crédito ou débito e com moedas (cédulas não). O motorista digita a placa do carro e define o tempo da parada. A máquina aponta o valor a ser pago. Não é necessário retornar ao carro e procurar um monitor. Todo o sistema é on line e, no momento em que a operação é concluída, a informação chega aos funcionários.
* Atenção – entre a parada e o registro da placa no parquímetro, o motorista tem, no máximo, dez minutos.

Através do aplicativo
Disponível para os sistemas Android e IOS, o aplicativo “Estacionamento Digital” está nas lojas virtuais Play Store e App Store. Para “baixar”, inicialmente é preciso informar alguns dados para o cadastro: nome completo, CPF ou CNPJ, e-mail, placa do carro ou moto, e criar uma senha. Após o preenchimento de todos os campos, é enviado um link de ativação da conta para o e-mail informado. Mas atenção: insira um e-mail válido, pois sem a confirmação do mesmo, não será possível comprar créditos virtuais. Depois da ativação do cadastro, o usuário entra no APP e a tela já mostra o saldo. Também é possível obter um extrato detalhado na palma da mão. Em “Comprar”, na tela inicial, pode-se adquirir créditos em valores que vão de R$ 10,00 a R$ 80,00. O pagamento deve ser efetuado com cartão de crédito ou débito.

A função boleto está disponível apenas para compras acima de R$ 50,00. Na hora de estacionar, o usuário precisa apenas indicar o tempo de ocupação da vaga no aplicativo. Os monitores, por meio da leitura digital da placa, saberão que o pagamento pelo uso do espaço já foi realizado. Há também a opção “Alocação Automática”. Uma vez ativada, não é preciso registrar cada parada. No momento em que o monitor faz a leitura da placa, passa a contar uma hora de estacionamento, renovada por mais uma hora caso o veículo permaneça no local por mais tempo.

SAIBA MAIS:
1- Onde haverá cobrança?
– Na Ramiro Barcelos – entre as esquinas com Antônio Marques e Fernando Ferrari;
– na João Pessoa – entre as esquinas da Santos Dumont e da Fernando Ferrari;
– na Capitão Cruz – entre as esquinas da Santos Dumont e da Fernando Ferrari;
– na Santos Dumont – entre as esquinas da Capitão Cruz e da João Pessoa;
– na Osvaldo Aranha – entre as esquinas da Capitão Cruz e da João Pessoa;
– na Olavo Bilac – entre as esquinas da Capitão Cruz e da João Pessoa;
– na São João – entre as esquinas da Capitão Cruz e da João Pessoa;
– na José Luiz – entre as esquinas da Capitão Cruz e da Dr. Flores.

2 – Quanto vai custar o estacionamento?
Para os carros, os primeiros 30 minutos de estacionamento custarão R$ 1,00. Depois disso, o valor sobe para R$ 2,00 até uma hora e, então, para R$ 4,00 ao fim da segunda hora. Cada motorista poderá utilizar o espaço por duas horas consecutivas. Depois, tem de mover o veículo para outra vaga se quiser permanecer na área da Faixa Azul.
Já as motos deixadas no local destinado a elas não terão de pagar. Também estarão isentos, por até uma hora, deficientes e idosos parados nas vagas específicas destes grupos. Contudo, os veículos devem estar identificados com placas fornecidas pelo Departamento de Transporte e Trânsito.

3 – Onde devem ser deixadas as motos?
Ao todo, serão 140 vagas de motos distribuídas em 14 “bolsões”, nos seguintes locais:
Rua João Pessoa
– Na frente do Banrisul;
– na frente da Smop (próximo à Prefeitura);
– na frente da Escola São João Batista;
– na frente da Unimed.
Rua Ramiro Barcelos
– Na frente da UBS;
– na frente da Livraria Gehlen;
– dois na quadra entre a Santos Dumont e a Osvaldo Aranha;
– dois na quadra entre Osvaldo Aranha e a Olavo Bilac;
– um entre a Olavo Bilac e a São João;
– dois entre a São João e a José Luiz.
Rua José Luiz
– Um na esquina com a Ramiro Barcelos.
* Atenção: motos estacionadas em vagas de carros serão autuadas e recolhidas.

4 – Onde estão situados os parquímetros?
Na João Pessoa
– Na esquina com a José Luiz;
– na esquina com a São João;
– na esquina com a Olavo Bilac;
– no meio da quadra entre a Olavo Bilac e a Osvaldo Aranha;
– na esquina com a Osvaldo Aranha.
Na Ramiro Barcelos
– Na esquina com a José Luis;
– na esquina com a São João;
– na esquina com a Olavo Bilac;
– no meio da quadra entre a Olavo Bilac e a Osvaldo Aranha;
– na esquina com a Osvaldo Aranha;
– no meio da quadra entre Osvaldo Aranha e Santos Dumont;
– na esquina com a Santos Dumont.
Rua Capitão Cruz
– na esquina com a José Luiz;
– na esquina com a São João;
– na esquina com a Olavo Bilac;
– na esquina com a Osvaldo Aranha;
– no meio da quadra entre a Osvaldo Aranha e a Santos Dumont.

5 – Onde adquirir e fazer a recarga dos cartões pré-pagos de estacionamento?
Além dos monitores, também é possível fazer a compra nos seguintes estabelecimentos comerciais: Perdigão Lanches, Gomes Esteticar, Nath e Nath, Banca do Tiaguinho, Sr. Batata, JP Presentes, Cacau Show, Locomotiva Musical Center, Homestore Marisol, Quiero Café, Bazar Lua Cheia, Centro Real, Cantinho do Chocolate, Gastro Pub, Amuleto, Padaria Moreira, Flores & Flores Floricultura.

6 – Em que momento ocorre a notificação?
Ao estacionar, o condutor tem dez minutos para ativar o crédito, seja com o monitor, no parquímetro ou por meio do aplicativo. Depois disso, no momento em que o monitor passa e constata que não há nenhum crédito ativo vinculado à placa do veículo, ele lança no sistema um débito de R$ 4,00 referente a duas horas. Se o saldo não for pago nestas duas horas, o sistema registra uma notificação de R$ 20,00, que devem ser pagos em até 24 horas. Se isso não ocorrer, haverá a emissão de uma multa de trânsito por estacionamento em local proibido, no valor de R$ 130,00, mais a perda de quatro pontos na carteira. Neste caso, o dono do carro também perde o desconto de “bom motorista” no pagamento do IPVA.
* Atenção – se o veículo ficar mais de duas horas no mesmo lugar, a autoridade policial pode aplicar a multa imediatamente e determinar o recolhimento do veículo. Neste caso, o condutor ainda terá de arcar com os custos de guincho e depósito.

7 – Como falar diretamente com os responsáveis pela empresa?
O pagamento de débitos e o esclarecimento de dúvidas pelos usuários pode ser encaminhado diretamente no escritório da Serbet, situado na Rua João Pessoa, 1918, sala 14 – conjunto Santa Rita.

8 – Veículos estacionados na Faixa Nobre estarão cobertos por seguro em caso de furto ou danos acidentais?
Não, a cobrança visa única e exclusivamente disciplinar o uso das vagas. O pagamento não dá direito a nenhuma cobertura.

9 – Quem ativar o estacionamento previamente para uso durante duas horas, por exemplo, e deixar o local antes disso terá o dinheiro restituído?
Não. A Serbet recomenda planejamento prévio do uso dos espaços. Contudo, no período validado, o motorista pode trocar de vaga quantas vezes for necessário, sem a necessidade de novo pagamento.

10 – Como reconhecer os monitores?
Os funcionários da Serbet atuam identificados com crachás e com uniformes nas cores azul e vermelho.

11 – Veículos que realizam carga e descarga pagam pelo estacionamento?
Não, se estiverem nos locais demarcados e dentro dos horários previstos em lei.

12 – E o espaço para os foodtrucks, como funcionará?
Para vagas de gastronomia itinerante, bem como caçambas de entulho, há a modalidade de valor diário, desde que ambas as situações estejam devidamente regularizadas. Os foodtrucks deverão estar registrados junto
ao Executivo para permanecer em seus pontos durante o dia inteiro, com o pagamento de uma taxa de R$ 20,00 por dia.

13 – Qual será o destino do valor arrecadado com o estacionamento pago?

A empresa Sistema de Estacionamento Veicular do Brasil (Serbet) repassará à Prefeitura de Montenegro 22,53% da arrecadação como pagamento pela concessão. O valor será destinado ao Fundo Municipal de Trânsito, mais precisamente, aplicado em sinalizações, de acordo com o Departamento de Trânsito.

Deixe seu comentário