Atendimento ocorre nos dois próximos sábados, 6 e 13 de março, das 8h às 17h. Foto: divulgação Prefeitura de Maratá

Com o avanço da pandemia no Rio Grande do Sul e na região do Vale do Caí, a consequente superlotação dos hospitais, bem como a vigência da bandeira preta em todo o Estado, o município de Maratá abrirá o Centro de Saúde nos próximos sábados, 6 e 13 de março. Os cidadãos poderão procurar atendimento no Centro das 8h às 17h. Haverá médico disponível para atendimentos, inclusive com avaliação de suspeitos de infecção pela Covid-19. Outros serviços também estarão disponíveis, exceto a sala de vacinação.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, após grande esforço e procura, Maratá conseguirá contratar um médico para atuar nas datas mencionadas. A intenção é desafogar o atendimento da emergência do Hospital Montenegro, aos finais de semana, neste momento de superlotação.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Cláudia Röder, a Secretaria Estadual de Saúde solicitou aos municípios para que abram suas Unidades Básicas de Saúde por mais tempo, contribuindo com os hospitais referências que estão operando com capacidade máxima. “Inicialmente vamos abrir nestas duas datas, enquanto a bandeira preta estiver vigente e, caso haja necessidade de continuar operando aos sábados, vamos avaliar a possibilidade com a equipe”, afirma Cláudia.

Deixe seu comentário