Empresa está instalada às margens da BR-470. FOTO: REPRODUÇÃO/MAPS

A Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC) assinou protocolo de intenções junto ao governo do Estado, formalizando seu projeto de ampliação da fábrica de Montenegro. A empresa pretende investir mais de R$ 20 milhões na unidade montenegrina, numa operação que deve gerar cerca de 600 empregos. A formalização foi feita na tarde da última quinta-feira, dia 17, junto do governador Eduardo Leite.

A CBC foi fundada em 1926 e inaugurou sua fábrica local em 1998. Hoje, possuiu unidades produtivas de cartuchos de caça e competição, carabinas de pressão, armas longas e linhas de munições civis, policiais e militares. A organização também tem operações na Alemanha e República Tcheca e centros de distribuição nos Estados Unidos e na Europa. Desde 2015, ela é a controladora da Taurus e, com ela, já está investindo R$ 110 milhões em um complexo industrial em São Leopoldo.

“Continuamos abertos para viabilizar novos empreendimentos e entender de que forma podemos ajudar ainda mais a melhorar o ambiente de negócios para que a empresa permaneça aqui e amplie os investimentos no RS”, celebrou Eduardo Leite na cerimônia que também marcou o lançamento da pedra fundamental da unidade da Taurus. O governo estadual, como incentivo, vai conceder diferimento de ICMS nas aquisições de fornecedores gaúchos e também na importação, desde que produto similar não seja produzido no Estado. A CBC ainda terá isenção de diferencial de alíquotas nas compras interestaduais.

Estavam presentes no anúncio, além do governador, o secretário estadual de Desenvolvimento, Rodrigo Lorenzoni, o subsecretário adjunto da Receita Estadual, Eduardo Jaeger, o CEO global da Taurus, Salésio Nuhs, o presidente da CBC, Fábio Mazzaro, e o prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi. Não foram divulgadas datas para a concretização do investimento em Montenegro; mas ela deve ocorrer até 2025, de acordo com o protocolo.

Deixe seu comentário