Aos dois anos de idade, o pequeno João Pedro era um dos mais animados participantes

A previsão de chuva chegou a alarmar os organizadores, mas, no fim, São Pedro deu uma forcinha e o domingo, 10, amanheceu ensolarado em Maratá. Tudo certo e na medida para a tradicional cavalgada de aniversário do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Encontro das Águas. Ele completa treze anos em 2019.

No sábado, 9, um fandango com apresentações do grupo Canção Nativa e de Xirú Missioneiro, com seu quarteto Chão Colorado já tinha animado os tradicionalistas, que seguiram, em festa, madrugada adentro. Mas nada que tirasse a disposição para a cavalgada, que saiu do Parque Municipal da Oktoberfest, dando uma volta pelo Município e retornando em um trajeto de cerca de oito quilômetros.

A participação da criançada foi notável e, segundo o patrão Paulo Rogério Pereira da Costa, esse é um dos principais objetivos da atividade. “O mundo aí na rua tem muito a oferecer, então o tradicionalismo tem que levar as tradições até esses jovens”, destaca. “A gente sempre faz esse incentivo para que tragam as crianças e já criem o pessoal de outra forma.” No local, os pequenos não podiam estar mais animados com a oportunidade.

CONFIRA OS PRINCIPAIS MOMENTOS DA CAVALGADA:

Deixe seu comentário