Após ter a história contada pelo jornal Ibiá, a jovem Catiane Pereira Machado exibe a alegria do sonho realizado

Graças a colaborações de voluntários, a jovem celebrou os 13 anos com direito a vestido e coroa de princesa

O fim de semana foi de muita emoção para a jovem montenegrina Catiane Pereira Machado e toda sua família. Após anos sonhando em ter sua primeira festa de aniversário, o grande dia finalmente chegou regado de muitas surpresas, presentes e solidariedade de dezenas de pessoas que se juntaram para tornar esse sonho possível. Como uma princesa, com direito a coroa e vestido, a adolescente comemorou os 13 anos em grande estilo.

 

Com uma trajetória marcada por muitas dificuldades, Catiane ficou amplamente conhecida na última semana. De família humilde, a jovem que sofre com uma condição neurológica bastante conhecida por causar convulsões – a epilepsia –, sonhava em ter sua primeira festa de aniversário, mas como a mãe está desempregada e a família vive do dinheiro dos serviços temporários que o pai encontra, esse sonho passou a ser algo distante. Inconformada com a situação, a mãe da jovem, dona Terezinha de Lurdes Pereira, procurou o Jornal Ibiá que contou a história da jovem e deu início a uma corrente de solidariedade em Montenegro.

Como sonham todas as garotas em uma ocasião especial, Catiane também teve um dia de princesa

“No sábado, depois que saiu a matéria, recebi a primeira ligação e bombou! Empresários e pessoas entraram em contato doando o espaço para a festa, o bolo, refrigerante, dinheiro para alugar o vestido dela, entre outras doações”, conta dona Teresinha, que não esperava tamanha repercussão. “O sonho dela era essa festa, e graças essas doações, deu tudo certo”, comemorou a mãe, que ainda agradeceu o envolvimento dos voluntários. “Espero que Deus retribua cada um com muitas bênçãos, muito obrigada mesmo.”

A celebração ocorreu na tarde do último domingo, 19, em um salão de festa cedido voluntariamente no bairro Santa Rita. Enquanto o espaço era decorado, a aniversariante ganhava um dia de princesa no outro lado da cidade, com direito a maquiagem, cabelo e unhas feitas. Aos poucos e com tudo preparado, os familiares e amigos foram chegando para compartilhar com ela aquele instante tão esperado. “Já tivemos momentos muitos difíceis, mas sempre nos mantemos unidos, e a ela tem tido um papel muito importante nisso, não só por ser a mais nova, mas pelas dificuldades que ela enfrenta e que nos aproxima”, disse Tatiana Pereira Brodt, irmã da Catiane. “Hoje ela realiza tudo que sempre quis, e a felicidade dela é a nossa também”, reinterou.

Na hora dos parabéns, a emoção tomou conta da aniversariante, dos pais e de todos os convidados

De poucas palavras, Catiane é uma menina tímida e de uma sensibilidade sem precedentes. Quando questionada sobre o que aquela tarde significava, ela disparou: “Tudo!”, e enquanto tentava descrever o que sentia, deixou evidente que além das palavras, ela também fala pelos olhos, que ficaram cheios d’água. “Estou muito feliz. Se não fossem as pessoas que ajudaram, não estaria aqui com esse vestido, com as decorações do salão e os presentes”, completou a aniversariante.

Além da festa, a jovem também tinha outros dois grandes sonhos: ganhar uma piscina de plástico para brincar no fundo da casa e materiais escolas novos para o ano letivo de 2020, pedidos que foram prontamente atendidos graças à sensibilidade de diferentes pessoas que doaram os mimos. “Todo mundo tinha piscina, menos eu”, recorda Catiane. “Agora eu posso brincar com água quando tiver muito calor, e quando começar a estudar, tenho material tudo novinho”, comemorou.

Durante a festa, a aniversariante mostrou o orgulho que tem pelo time que também foi tema do bolo

Tricolor, ela escolheu o Grêmio como tema
Gremista de coração, Catiane não teve dúvidas quanto ao tema da festa. Como tanto sonhou, as cores azul, branca e preta dominaram a decoração do salão e de cada detalhe da festa de 13 anos da jovem, que não conteve a emoção em mostrar cada cantinho.

Na caixa de presentes, também decorada de azul, ela tirou um presente mais que especial, embora vibrasse igualmente ao abrir cada um. Dentro de um pacote prata, uma camisa feminina do Grêmio. A aniversariante fez questão de mostrar para os convidados o novo mimo de uma tarde que, para ela, será inesquecível.

O sentimento é de gratidão
Para que o sonho da jovem montenegrina se tornasse realidade, várias instituições, empresários e pessoas de forma individual ou coletiva, contribuíram com diferentes doações. A tarde, que será guardada para sempre não apenas nas lembranças da Catiane, como também de toda sua família, reservou grandes surpresas.

Ao falar da importância do evento, o pai da adolescente, Leandro Machado, não conteve a emoção. “A minha filha é uma criatura incrível, e esse dia é o mais feliz da vida, não sei o que dizer, apenas agradecer”, disse Leandro, que não conteve as lágrimas.

Entre os colaboradores da festa, estão dona Iracema Tortas Doces e Salgados, Vanessa Soares, Ketz Mottos, Julia Mariano (e amigos), Sônia Gourmet Espaço, Andressa Cabral,Maurício Rosa, Espaço de Beleza Ela Diva Eu Divo, HF Madeireira,Agro Gauer, Padaria Lucas,  entre outros.

Deixe seu comentário