Crime na 287. O assalto aconteceu em uma fábrica de vasos no Passo do Gil

Um casal de comerciantes de Arroio dos Ratos foi pego de surpresa por uma ação de bandidos na tarde dessa terça-feira, 4. Os donos de uma floricultura, que não quiseram ser identificados, vieram ao Vale do Caí para fazer compras para seu estabelecimento quando foram abordados por dois elementos em um quiosque às margens do quilômetro 13 da RSC-287, na localidade de Passo do Gil, divisa entre Montenegro e Triunfo. As vítimas tiveram o carro, uma Ecosport vermelha (placas IWG 8894 de Arroio dos Ratos), dois telefones celulares e R$3 mil reais roubados pelos meliantes. O crime assusta os comerciantes do interior, pois essa não é a primeira vez que esse tipo de situação é registrada na localidade.

As vítimas não quiseram falar com a reportagem. Já Luís Alexandre Garcia e Marinês Pimentel, proprietários da banca, relatam que estavam anotando o pedido de compras do casal quando dois homens se aproximaram a pé. Um dos elementos logo anunciou o assalto. “Eu achei que ele estava brincando, mas quando olhei bem, vi que tinha uma arma”, conta a comerciante.

Ao perceber o que estava acontecendo, Luís Alexandre colocou seu aparelho celular dentro do caderno onde estava escrevendo. Marinês orientou o cliente a sair correndo pela porta dos fundos, mas não houve tempo. “O cara pegou a mulher pelo pescoço e disse para o marido dela entregar a chave do carro”, detalha.

O comerciante Luís Alexandre Garcia estava anotando o pedido dos clientes quando os bandidos chegaram a pé ao local

O filho do casal presenciou a cena. “Eu estou tremendo até agora. Peguei a criança pelo braço e disse para que ficasse quieto que nada aconteceria com ele”, lembra Marinês. Na primeira oportunidade que teve, em um ato de coragem e desespero, a empresária largou o menino e saiu correndo do local. “Saí chorando e gritando. Não sei como ele não atirou em mim. Acho que a arma não estava carregada ou não era de verdade”, acrescenta.

Com o gesto inesperado da lojista, os ladrões entraram no carro das vítimas e partiram em direção a BR-386. A Brigada Militar foi chamada e logo chegou ao local. Foram realizadas buscas pela região, mas até o fechamento desta edição, o veículo não foi localizado.

Não foram informados detalhes físicos sobre os assaltantes, apenas que eram homens brancos, maiores de idade e bem vestidos. Um deles estava com parte do rosto coberto por um pano, o outro não fez questão de se esconder.

Os proprietários do quiosque não tiveram nenhum tipo de objeto levado. O estabelecimento foi aberto há três meses, até então Luís e Marinês só tinham notícias de que situações como esta foram registradas com seus vizinhos. “É a primeira e espero que seja a última vez que a gente passa por isso. Há uns 15 dias roubaram o caminhão carregado de flores do nosso vizinho. A gente fica traumatizado e chateado pelo que aconteceu com eles”, conclui o comerciante. As vítimas foram encaminhadas pela Brigada para registrar a ocorrência na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA).

O interior na mira da criminalidade
Em 2018 a DPPA recebeu uma série de registros de assaltos e roubos ocorridos em localidades no interior de Montenegro e outras cidades do Vale do Caí. Uma das situações que chamou a atenção foi um assalto com reféns, registrado no dia 28 de julho, na localidade de Muda Boi, próximo ao local onde ocorreu o roubo a veículo nessa terça-feira.
Na ocasião, dois indivíduos encapuzados chegaram na casa e anunciaram o assalto as cinco pessoas que estavam no local no momento da ação. Pouco tempo depois, mais um integrante da família chegou na residência acompanhado de um conhecido. Ambos surpreenderam os assaltantes e também acabaram sendo rendidos e amarrados juntos dos demais. Uma das vítimas recebeu uma coronhada na cabeça e precisou de cuidados médicos.

A dupla levou seis celulares, uma quantia de R$ 400,00 e uma caixa de ferramentas. Eles ainda utilizaram o carro da família para a fuga, mas, a poucos quilômetros do local, abandonaram o veículo modelo Volkswagen Saveiro.

Deixe seu comentário