Divulgação Brigada Militar

Um homem identificado como U. S. F., de 27 anos, foi preso na madrugada desse domingo, 13, por integrantes do 27º Batalhão de Polícia Militar. Ele é suspeito no roubo a motorista de aplicativo com lesões no município de São Sebastião do Caí.

O homem tem antecedentes pelo cometimento dos delitos de posse de entorpecentes, ameaça, furto qualificado, furto de veículo, furto mão grande, furto arrombamento em residência e prisão cumprimento de mandado.

A operação que culminou na prisão teve início quando a sala de operações do 27° BPM foi contatada por uma empresa de rastreamento veicular que informou o roubo de um veículo com equipamento rastreador em São Leopoldo. A empresa informou a localização atual do veículo, que estaria indicando no bairro São Martin. Diante destes dados, foi despachada uma guarnição da Brigada Militar para realizar averiguação. A guarnição se deparou com o veículo já deixando o bairro. Realizada a abordagem e identificação do condutor como sendo U. S. F., de 27 anos. Na busca pessoal, foi encontrado na cintura dele uma faca.

No decorrer da ocorrência, a vítima fez contato com a guarnição e reconheceu sem sombra de dúvidas o indivíduo abordado como sendo o autor do roubo. Relatou, ainda, que é motorista de aplicativo, e iniciou uma corrida tomando as precauções necessárias. Pouco tempo depois, o ladrão mandou encostar o carro e, no momento em que vítima olhou para trás, já estava com a arma branca em seu pescoço. Neste momento, o acusado exigiu o automóvel e o aparelho de telefone celular da vítima. Ele ainda feriu o proprietário do carro com uma facada na lombar, lado direito, e outra na mão. A vítima teve, ainda, escoriações no pescoço. A guarnição se deslocou com as partes para o hospital Sagrada Família. Em decorrência das lesões, foi necessário suturar.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao acusado, informado de seus direitos, sendo necessário o uso de algemas pelo receio de fuga e resguardo da integridade física da guarnição.  Posteriormente foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro, onde a autoridade de plantão determinou a lavratura de Auto de Prisão em Flagrante por roubo a motorista de aplicativo com lesões corporais.

Deixe seu comentário