Placa avisa que, agora, não é mais preciso passar a patrola. Foto: Arquivo Pessoal

A declaração que consta neste título é mais uma feita por um agricultor em Montenegro, que precisou tomar uma atitude para ter estrada em condições. Neste caso, Pedro Ulrich desembolsou cerca de R$ 4 mil para consertar a Estrada do Cafundó, em Santos Reis. Este é o antigo traçado do acesso geral à comunidade, e corre paralelo à obra da Transcitros.

Assim estava a Estrada do Cafundó

“Para ter ideia, nesta Administração passaram uma vez a patrola”, recorda. E quando isso aconteceu, a máquina ainda quebrou durante o trabalho. Ulrich relata que há tempo pede atenção, inclusive dos vereadores. “Especialmente os que se dizem ligados ao interior. Mas não se apresentam”, lamenta.

Qualidade da reconstrução é visível. Fotos: Arquivo Pessoal

Cansado de esperar pelos poderes Legislativo e Executivo, ele contratou caminhão e patrola, comprou cinco cargas de brita, e deu um jeito no acesso até sua propriedade. O trabalho ficou realmente consistente, e deve durar muito tempo.

Deixe seu comentário