Os vereadores de Montenegro terão uma sessão extraordinária na manhã desta sexta-feira, dia 16, às 10h. Antes dela, eles pretendem reunir a Comissão Geral de Pareceres para analisar o projeto a ser votado na sequência. Se trata da autorização para que o Município faça a “troca” de uma dívida do Estado na área da saúde, acumulada entre 2014 e 2018, por prédios do governo estadual que ficam no Município. As tratativas avançaram para o repasse dos prédios do IPE, na rua José Luis, e o da antiga Cooperativa Rio-grandense de Laticínios (Coorlac), na Rua Bruno de Andrade, que passarão ao poder da Prefeitura. Eles são avaliados em R$ 2,99 milhões. A dívida total é de cerca de R$ 3,1 milhões.

O pedido para a troca foi encaminhado pelo prefeito Gustavo Zanatta para a Câmara na quarta-feira, dia 14. O presidente da casa, Juarez Vieira da Silva (PTB), chegou a requerer que o projeto fosse colocado em votação já na noite dessa quinta-feira, 15. Mas após breve recesso, os vereadores se reuniram e deliberaram por ter mais tempo, fazer a reunião da CGP e a sessão extraordinária na sexta-feira.

Deixe seu comentário