Traçado tem atuação em diversas áreas. Dentre elas, o setor de infraestrutura de rodovias deve ter atendimento intensificado com a planta em Montenegro. IMAGEM ILUSTRATIVA/TRAÇADO

Por unanimidade, os vereadores aprovaram os projetos de incentivos da Prefeitura para instalação das empresas Sulboro e Traçado em Montenegro. A votação ocorreu na sessão ordinária dessa quinta-feira, 10 de dezembro. Ambas as organizações são conquistas dentro do projeto do Polo da Química.

A Sulboro, de Canoas, trabalha com a produção de boro, micronutriente importante para o desenvolvimento de plantas e aplicada na agricultura. Deve investir R$ 8 milhões em unidade no Município, gerando quinze empregos. Receberá isenção de 90% do IPTU por dez anos (o equivalente a R$ 42,3 mil) e 500 horas-máquina para serviços de terraplanagem e nivelamento no local onde será construída a unidade. Como contrapartida, investirá R$ 30 mil na revitalização de um espaço público da cidade.

Já a Traçado, de Erechim, construirá uma indústria de produtos asfálticos, gerando 39 empregos diretos no início das operações e projetando ter 70 empregados a partir do terceiro ano. Receberá isenção de 90% do IPTU por dez anos (o equivalente a R$ 133,87 mil), execução de terraplanagem, isenção de taxas de licenciamento e redução da alíquota de ISSQN sobre as obras de construção para 2%. Além da geração de empregos e impostos, a organização se compromete em, até dois anos, fornecer 50 toneladas de emulsão asfáltica ao Município.  Não há data, ainda, para início da instalação dos empreendimentos.

Deixe seu comentário