O sumiço de três cães comunitários que viviam no pátio da Prefeitura Municipal de Capela de Santana está dando o que falar, dentro e fora da cidade. Em seu perfil no Facebook, a secretária Estadual da Igualdade, Cidadania, Direitos Humanos e Assistência Social, Regina Becker Fortunati, pediu explicações ao prefeito de Capela sobre o paradeiro dos animais.

Segundo a publicação da secretária, na tarde de terça-feira, 21, véspera do desaparecimento, foi realizada uma reunião na prefeitura para tratar da retirada dos cães daquele local. “Sumiram naquela noite. Curiosamente, as câmaras de vigilância, que poderiam dar pronta resposta, estavam desligadas”, comenta Regina.

A secretária conheceu os cães ao ir até Capela, juntamente com um deputado federal, para formalizar o repasse de uma emenda parlamentar, para investimento na causa animal. “Queremos saber onde estão esses cães, prefeito Alfredo Machado?”, questiona Regina.

Moradores do município se uniram nas buscas, mas, até agora não há sinais de onde os animais foram parar. Na manhã desta segunda-feira, 27, um dos ativistas da causa animal no município, Marciano Rodrigo Fraga Person, que era CC da Prefeitura, foi exonerado da função de assessor de secretário, função que ocupava desde 2017. Para ele, seu afastamento se deve ao fato de ter cobrado respostas do Executivo municipal sobre o paradeiro dos cães.

Fotos: enviadas por Marciano Person

Marciano afirma que vai registrar ocorrência policial e levará o caso do desaparecimento dos cachorros ao Ministério Público de Portão. Além disso, visando dar mais peso ao documento que será entregue ao MP, há um abaixo assinado coletando assinaturas dos capelenses.

A reportagem tentou contato por telefone com o prefeito Alfredo Machado, mas ele não atendeu a ligação. Também foi encaminhada mensagem, mas, até o fechamento dessa matéria ele não respondeu.

Deixe seu comentário