Em 2016 agentes da segurança pública gáucha já protestaram. Foto: Maiquel Rosauro/ Internet/ arquivo

A chuva não vai impedir policiais e bombeiros Militares do Rio Grande do Sul a se manifestarem nesta terça-feira, dia 17, em defesa dos direitos da categoria. O ato está marcado para ocorrer às 13 horas, na praça Brigadeiro Sampaio, no Centro de Porto Alegre, sendo que do Vale do Caí 42 agentes, entre Brigada Militar, Bombeiros e Polícia Civil, partem ao meio-dia. A entidade de classe Associação Beneficente Antônio Mendes Filho (Abamf) espera contar ainda com apoio dos demais servidores da Segurança Pública, pensionistas e inativos.

O protesto é contra os atrasos no pagamento dos salários, contra a quebra da paridade e integralidade salarial de ativos e inativos e contra a morte de policiais em serviço. De acordo com presidente da Abamf – que representa os servidores de nível médio da Brigada Militar, na maioria soldados – José Clemente, o movimento também objetiva pressionar o governo para a abertura de um diálogo direto com o governador do Estado, Eduardo Leite.

Diretoria Executiva esteve reunida segunda-feira, 16, finalizando os preparativos para a mobilização. Foto: Abamf

Deixe seu comentário