A formatura ocorreu no Ginásio Gigantinho, em Porto Alegre Foto: Foto: Rodrigo Ziebell/SSP

O policiamento ostensivo do Rio Grande do Sul passa a contar com 506 novos policiais. A Brigada Militar (BM) formou, nesta sexta-feira, 6, em cerimônia no Ginásio Gigantinho, em Porto Alegre, os soldados que devem atuar nas ruas a partir dessa segunda-feira. Os novos brigadianos serão distribuídos, nos primeiros 30 dias, nos municípios com maiores indicadores de criminalidade. Depois, serão realocados em outras cidades.

Os soldados receberam o diploma de conclusão do Curso Básico de Formação Policial Militar/Curso Superior de Tecnologia em Aplicação de Polícia Militar, com carga horária de 1.650 horas-aula. O curso foi dividido em três módulos, conhecimentos específicos da atividade policial-militar, disciplinas de direito (penal, penal militar, processo penal militar, institucional), sociologia da violência, uso da força e da arma de fogo, decisão de tiro. Dos 506 novos soldados, 121 realizaram o processo de capacitação na Escola de Formação e Especialização de Soldados (Esfes) de Montenegro.

Conforme o comandante do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Caí (CRPO/VC), João Luís Machado, a região deve ser beneficiada com a vinda de novos policiais. Contudo, ainda não há previsão de quantos soldados serão encaminhados para cá. A definição deve ocorrer até próxima sexta-feira, 13.
O processo de chamamento dos aprovados no concurso público teve início no dia 21 de junho de 2017. Nos meses de dezembro do ano passado e janeiro e fevereiro deste ano, os formandos realizaram estágio operacional supervisionado.

Para o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Andreis Silvio Dal’Lago, a formatura dos novos servidores potencializa as ações de polícia ostensiva, de prevenção, de manutenção e de aprimoramento da ordem pública em todo o estado. “Não são apenas 506 novos soldados, são novos profissionais em polícia ostensiva altamente qualificados”, destacou.

Deixe seu comentário