Cerca de 200 pessoas passaram pela Feira

Prevenção e promoção de saúde foram abordadas durante todo esse sábado, 24

Com uma abordagem mais ampla do conceito de saúde, nesse sábado, 24, ocorreu a Feira Municipal de Saúde de Pareci Novo. Em uma ação da ação da secretaria municipal da Saúde e Assistência Social o Ginásio Municipal Armin Adolfo Heldt, teve práticas e atividades de prevenção, já na unidade básica de saúde aconteceram às promoções de saúde para a população.

Foram diversas as atividades para todos os gostos, tudo em busca do bem-estar dos pacientes. Quem passou pelo Ginásio pode participar e usufruir de rodas de terapia comunitária integrativa e práticas integrativas complementares, como a quick massagem.

Além disso, a garotada também teve um espaço especial com brinquedos para sua diverção. Outra atração foi o espaço da autoestima, onde foram ofertadas maquiagem, serviço de manicure, corte de cabelo e tratamento de beleza gratuitamente. O Hemocentro esteve presente também para cadastro e orientação de doadores.

O Instituto da Mama do Rio Grande do Sul (Imama) também marcou presença, e houveram para os grupos do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) como Vida Saudável, Maturidade Ativa, Grupo Despertar e grupo de artesanato.

Segundo a secretária da Saúde, Gislaine Ribeiro dos Santos, cerca de 200 pessoas passaram pelos dois espaços, e ela ressalta a importância das práticas integrativas na prevenção de doenças e na economia do dinheiro público. “O Ministério da Saúde já diz que saúde é um bem-estar físico, psíquico e também social, então nada mais justo que a gente ampliar essa abordagem. Essas práticas não são substitutivas, mas dão um grande resultado, inclusive no financeiro, porque a gente passa a ter menos despesa no tratamento das doenças e foca mais na prevenção”, explica.

Quick massagem é uma das práticas integrativas que foram oferecidas na Feira

Andréia Oliveira esteve presente na Feira e aproveitou para receber uma quick massagem, prática integrativa, e recomenda a todos a experiência. “É muito bom, a massagem trabalha bem algumas musculaturas, relaxa bem, é ótimo. Hoje por falta de tempo, por a gente estar sempre correndo, é uma alternativa muito boa para relaxar”, comenta Andréia.

Quem aplicou a massagem na Andréia foi a agente de saúde e massoterapeuta, Janaina Saticq. Ela recomenda que as pessoas não esperem ter dor para fazer a massagem, mas que façam preventivamente, para justamente não deixar desenvolver um problema muscular ou de articulação. “A gente ainda não está oferecendo na secretaria, na verdade é uma amostra do que a gente vai ter futuramente. Nós queremos implantar essas práticas que o SUS já disponibiliza até o final deste ano”, anuncia Andréia.

Durante a ação, na unidade básica de saúde, também ocorreram o mutirão de vacinação contra a febre amarela; coleta de exame preventivo pré-câncer; realização de testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C e aferição de pressão arterial.

Deixe seu comentário