Atividade com este tipo de artefato é comum na Esfes, com simulações de cerco e dispersão. Foto: Arquivo Jornal Ibiá

A Escola de Formação e Especialização de Soldados (EsFes) de Montenegro confirmou nesta manhã de quinta-feira, dia 25, que ontem foi realiza ação especial de treinamento dos soldados-alunos incorporados à unidade. Segundo o capitão Oscar Bessi Filho, até a meia-noite foi realizado treinamento conhecido como “Low Light”. Esta é a mesma instrução ministrada às polícias europeias, mexicana e ainda o BOPE do Rio de Janeiro, onde é feita a progressão tática e confronto noturno.

Todavia, durante a madrugada houve treinamento do Grupo de Operações da Susepe (GAES) quanto a ações em eventos críticos de presídio, como motins. As explosões e tiros assustaram moradores, que lançaram alertas, questionamento e teorias nas redes sociais. “Os treinamentos foram durante a noite, são necessários, são realizados de forma ocasional e bem rara e não interferem na segurança de ninguém”, justifica o oficial.

Deixe seu comentário