Estar atento e duvidar de certas mensagens e ligações é fundamental para evitar cair em golpes. A montenegrina Susana Souza soube identificar uma tentativa de estelionato, ocorrida na manhã desta quarta-feira, dia 6, e conta essa história para alertar a comunidade e evitar que os meliantes tenham êxito em novas investidas.

Susana estava em casa quando recebeu uma mensagem pelo WhatsApp identificando-se como uma das filhas dela. A foto do perfil era a da jovem e o texto dizia que era para a mãe salvar aquele número telefônico, – novo –  pois o outro chip havia estragado. Susana percebeu se tratar de um golpe, pois a filha também estava em casa. “A pessoa perguntou se eu estava muito ocupada, disse que não, e eu dei conversa”, conta.

O farsante, se passando pela jovem, pediu para Susana depositar R$830,00, para que pudesse se inscrever em um curso. A mensagem orientava a vítima para que o depósito fosse realizado em nome de uma mulher, que seria responsável por fazer sua matrícula. O texto dizia ainda que se o depósito não fosse feito ela perderia a chance de participar do curso.

O golpista também tentou tirar dinheiro da outra filha de Susana. Se passando pela irmã, o meliante solicitou pouco mais de R$200,00, “emprestado”.

Susana registrou a tentativa de estelionato na Delegacia Online da Polícia Civil. O número do telefone usado pelos criminosos é o 51 8480 8405. “As pessoas devem ficar espertas para não cair nessa”, conclui Susana.

 

Deixe seu comentário