A assinatura do Decreto que reconhece a relevância dos serviços dos Bombeiros Comunitários contou com a presença de entusiastas da Associação

A Associação de Bombeiros Comunitários de Montenegro teve sua importância reconhecida pelo Executivo municipal através da assinatura do Decreto Nº 7.763 de 7 de janeiro de 2018.

O documento foi entregue ao presidente da Associação, Sandro Dornelles, pelo prefeito em exercício, Cristiano Braatz, durante ato realizado no Palácio Rio Branco na tarde de ontem, 7.

O decreto possibilitará a entidade a se inscrever em programas sociais dos governos, como por exemplo, no Nota Fiscal Gaúcha. Os recursos poderão ser usados para a aquisição de equipamentos de segurança, pagamento de seguros de vida e capacitação dos bombeiros voluntários.
“Este é um documento bastante esperado pela nossa Associação. Com ele, vamos captar recursos para qualificar ainda mais o nosso pessoal”, observa Sandro.

A Associação foi fundada em 2016. No início contava com 19 voluntários, mas hoje restam apenas oito, devido às dificuldades para bancar os próprios treinamentos, conta Sandro.

“A gente tira dinheiro do próprio bolso para alimentação, seguro de vida e capacitação, muitas pessoas não conseguiram arcar com essas despesas. Esse documento vai nos ajudar muito. Esse decreto saiu graças ao vereador Cristiano e ao Florêncio Castilhos, que é ‘padrinho’ dos bombeiros e se envolveram para nos ajudar”, salienta o presidente da Associação.

O comandante da Corporação dos Bombeiros Militares, Orlando Silva, reconheceu o “valor” do trabalho prestado pelos bombeiros voluntários de Montenegro. “É um apoio de suma importância, uma vez que nosso efetivo é pequeno”, comenta o comandante da Corporação dos Bombeiros Militares.

Deixe seu comentário