Adolfo Schüler, do bairro Panorama, será uma das contempladas. Vai receber o cercamento dos fundos e conserto no telhado

As escolas municipais Esperança, Cinco de Maio e Adolfo Schüler vão passar por reformas. Após o pedido de vistas de treze dias para análise da aplicação do valor, a Câmara de Vereadores aprovou nesta quinta-feira, dia 22, a abertura de crédito especial de R$ 800 mil para as melhorias. O recurso é do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica, o Fundeb.

Já tendo passado pela Comissão Geral de Pareceres (CGP), o projeto havia entrado para votação no dia 8, em uma sessão lotada com professores e representantes do Executivo. Mas os vereadores Felipe Kinn (MDB) e Neri de Mello Pena (PTB) não ficaram satisfeitos com a justificativa do projeto, que só dava o nome das escolas, mas não detalhava o que seria feito. O tempo extra foi aprovado com seis votos, para insatisfação dos educadores presentes que, ali e nas redes sociais, protestaram contra a decisão.

“Eu acho que não precisava ter se criado toda essa polêmica”, lamentou Felipe Kinn nesta semana. “A hora em que eu tiver dúvidas, eu irei pedir vistas. Esse é o nosso papel fundamental: fiscalizar”. Ele e Neri visitaram as três escolas para conhecer as demandas existentes e também receberam o Executivo em uma reunião que detalhou as intervenções. “Se tivesse 1 milhão, 2 milhões, eles com certeza, seriam usados. Nós temos escolas sucateadas”, adicionou o vereador.

As três escolas vão receber cercamento e, no caso da Adolfo Schüler, também será feita reforma no telhado. Agora, todos os vereadores foram favoráveis à abertura do crédito especial. Líder do governo do Legislativo, Joel Kerber (PP) explicou que, a partir dali, seguem os trâmites para projeto e processo licitatório das obras. “Vai levar alguns meses ainda”, alertou.

Deixe seu comentário