Renato deixa o Grêmio após quatro anos e meio no comando da equipe. Foto: Lucas Uebel / divulgação Grêmio

Chegou ao fim a terceira passagem de Renato Portaluppi pelo Grêmio. Na tarde desta quinta-feira, a diretoria do clube se reuniu e decidiu pela demissão do técnico. A saída do ídolo ocorre um dia após a eliminação gremista para o Independiente Del Valle na Pré-Libertadores, depois de nova derrota, dessa vez na Arena, por 2 a 1.

Renato estava desde 2016 no clube e conquistou a Copa do Brasil (2016), a Libertadores (2017), a Recopa Sul-Americana (2018) e três campeonatos estaduais (2018, 2019 e 2020). Nessa passagem de quatro anos e meio, o treinador comandou o Grêmio em 327 jogos, com 165 vitórias, 88 empates e 74 derrotas (59% de aproveitamento). No período, foi homenageado com uma estátua no entorno da Arena.

Fora da Libertadores, a equipe vai disputar neste ano a Sul-Americana, a partir da fase de grupos, que inicia na próxima semana. Além disso, o tricolor disputará o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil, além do Campeonato Gaúcho, que já está em andamento.

O novo técnico será anunciado pelo clube nos próximos dias.

Deixe seu comentário