Mulheres receram brindes dos apoiadores do evento

Mulheres na Praça. Jornal Ibiá, com apoio de diversos parceiros, promoveu série de atividades

Pelo quarto ano, as montenegrinas tiveram um evento dedicado exclusivamente a elas acontecendo bem no coração da cidade, na Praça Rui Barbosa. Para agradar a todos os gostos, o Jornal Ibiá reuniu uma série de parceiros que ofereceram serviços de beleza, consultoria estética e de moda, atrações artísticas, exames de saúde, dicas de automassagem, relaxamento e muito mais. Além de serem tratadas com carinho e atenção, elas receberam flores e brindes doados pelo comércio local. E, na sequência, puderam desfrutar de apresentações com artistas montenegrinos. A sonorização ficou por conta da empresa Locomotiva Musical Center. “Essa é uma homenagem que a gente faz ao Dia Internacional da Mulher. Mantemos uma série de parcerias com empresas que fazem serviços voluntários, e isso é muito interessante. A gente quer proporcionar um dia diferente para as mulheres”, destaca Maria Luíza Szulczewski, diretora do Jornal Ibiá. A mulherada “invadiu” a Praça. As crianças também se divertiram. Enquanto as mães ficavam ainda mais lindas, os pequenos aproveitaram para brincar na cama elástica. A “cara emburrada” do tempo logo deu espaço para um belo dia que atraiu o público alvo da atividade.

A estudante Mileidy Bresolin, de 19 anos, foi uma das muitas mulheres que aproveitaram os serviços de beleza. Ela parabenizou a iniciativa. “Acho muito interessante fazerem esses eventos voltados para as mulheres, para que elas possam ter um atendimento que, muitas vezes, não teriam condições de receber, conhecerem as empresas e se sentirem abraçadas”.

A aposentada Rejane Pereira defende a valorização diária das mulheres, mas reconhece que é muito bom ter um dia especial, para se sentir ainda mais valorizada. “Acho um evento muito importante para a valorização. A mulher quase não tem tempo, trabalha bastante, tem muitas tarefas. Essa é uma forma de valorização. Tem tantas coisas boas aqui: prêmios, dança, maquiagem, tudo para deixar a mulher mais bonita”, conclui.

Antigos e novos parceiros colaboraram para o sucesso do evento
Quando o assunto são as mulheres, é quase impossível deixar a vaidade de lado. Nesta edição do “Só pra Elas”, as homenageadas receberam os cuidados do Instituto Embelleze. Lá elas se sentiram como se estivessem em um salão de beleza. Há quatro anos participando da ação, a diretora do Instituto, Letícia Ribeiro, avalia que, mais do que levar os serviços à comunidade, o “Só pra Elas” também é um momento de aproximação com o público feminino.

“O Instituto Embelleze é uma rede de escolas, especializada na área, que aqui em Montenegro existe há cinco anos. Temos inúmeros cursos voltados à profissionalização, principalmente para a mulher. A gente sabe que esse mercado é ótimo para trabalhar e é uma forma de obter a independência financeira. Nada melhor do que esse evento pra mostrarmos isso”, sublinha.

A Clínica Magrass viu no evento a oportunidade de se apresentar para a população. Inaugurada no final do ano passado, essa foi a primeira parceria com o Jornal Ibiá. Na Praça, foi realizado um sorteio no valor de R$ 200,00 em procedimentos na Clínica.A vencedora foi Brenda Mello. “O evento é de grande importância para podermos divulgar a marca. Trazemos uma proposta de nutrição saudável, associando alimentação com procedimentos estéticos”, explica Brenda Huebner, consultora corporal da Magrass.

Para ter um corpo saudável, é preciso estar com a mente em paz. A psicoterapeuta reencarnacionista, Ângela Schmidt, teve destaque na procura por atendimentos de Reiki durante o evento. Ela explica que a técnica auxilia a melhorar o autoconhecimento das mulheres. “O Reiki ajuda na autovalorização, trabalha a leveza e a tranquilidade para que as mulheres possam buscar respostas melhores para suas questões diárias”, completa.

Em relação ao Só para Elas, a psicoterapeuta comentou sobre a importância de um evento para as mulheres se sentirem contempladas. “Todo o dia é dia da mulher, dia de se valorizar e encontrar o Norte para as coisas em que ela acredita, mas um dia especial coloca isso ainda mais em ênfase”, finaliza.

Atrações artísticas promoveram interação
A abertura das apresentações artísticas foi realizada pelos músico Édipo Hummes eJonathas Pozo. Logo em seguida, foi a vez da estudante de Música da UERGS, Júlia Klafker, dar um show, representando a mulher na arte.

O público foi convidado a interagir com uma apresentação de zumba coordenada pelos instrutores da Academia Pró Vida. O Estúdio de Dana Karima Dilshad esteve presente com uma apresentação de Dança do Ventre. As meninas do Estúdio Khaos também brilharam em uma mostra de dança que propôs reflexões sobre a vaidade. Abrilhantando ainda mais o “Só para Elas”, as alunas da Cia de Dança Flávio Azeredo, sob coordenação do instrutor Carlos Alexandre de Vargas, chamaram o público para dançar junto com elas.

Deixe seu comentário