álbum, figurinhas, Copa do Mundo, Leonardo Freitas, coleção
Leonardo comprou o álbum há menos de duas semanas e já está quase completando

Tradição. Personagens do Mundial deste ano já circulam em Montenegro. Competição inicia em junho, na Rússia

Faltando pouco menos de três meses para o início da Copa do Mundo, os personagens da maior competição de futebol do planeta já circulam em Montenegro. Mas não, nenhum jogador que disputará o Mundial da Rússia está passando pela cidade ou curtindo férias no Vale do Caí. Eles estão nas mãos de dezenas de montenegrinos que colecionam o álbum de figurinhas da Copa do Mundo.

álbum, figurinhas, Copa do Mundo, Leonardo Freitas, coleção
Corretor vê os adultos mais empolgados que os jovens para colecionar

Lançado na metade de março, a tradição é febre no Município. Mesmo com o alto valor do pacote (R$ 2,00), já tem colecionador quase completando o álbum. É o caso do corretor de imóveis Leonardo Freitas, 32 anos. Menos de duas semanas com o álbum na mão, ele precisa menos de 50 figurinhas para completar a edição deste ano. “Para mim, o álbum é uma terapia. Você se desliga de tudo, é um lazer”, afirma o colecionador.

O primeiro álbum que Leonardo colecionou foi o da Copa do Mundo de 1994. Naquela ocasião, restaram três cromos para o corretor de imóveis completar o conjunto. “Tinha oito anos na época. Nos primeiros anos, fazia coleção no Brasileirão também. Depois, fiquei um tempo sem colecionar e voltei na Copa de 2006. Quando adulto, temos mais liberdade financeira para comprar as figurinhas”, ressalta.

Aos 32 anos de idade, Leonardo está prestes a completar seu segundo álbum de Copa do Mundo. O primeiro foi em 2010. Mesmo que a tradição acolha todas as idades, o corretor vê nos adultos o maior público. “Só troquei figurinhas este ano com pessoas acima de 18 anos. Não achei uma criança para trocar. Os adultos estão mais empolgados que os jovens. Crescemos com a tecnologia e carregamos algumas coisas joviais conosco”, enfatiza.

Com pouco tempo livre em sua rotina, Leonardo confessa que não ia colecionar o álbum deste ano, mas a empolgação dos amigos nas redes sociais animou o corretor. “Eu não ia fazer, por desinteresse e por achar que não teria tempo. Aí fui vendo a movimentação nas redes e me pilhei. Mais do que nunca, as redes sociais facilitaram muito a troca de figuras, principalmente em grupos no WhatsApp”, acrescenta.

O aumento no preço do pacotinho de figurinhas neste ano chamou a atenção de todos os colecionadores. Com cinco cromos, cada pacote tem o valor de R$ 2,00, um aumento de 100% em relação à última Copa do Mundo. Se em 2014 os envelopes custavam R$ 1,00, na Copa da África do Sul, em 2010, cada pacote tinha o custo de R$ 0,75. No Mundial de 2006, realizado na Alemanha, eram vendidos por R$ 0,60 (sempre com cinco figurinhas). “Achei o valor muito acima, tinha que ser um preço mais em conta, R$ 1,30 ou R$ 1,50, por exemplo”, completa Leonardo.

Pai e filho colecionam juntos as figurinhas em 2018

João Pedro, Alexandre, álbum, figurinhas, Copa do Mundo
João Pedro cola as figurinhas com a ajuda do pai, que coleciona álbuns desde a Copa do Mundo de 1986. Foto: arquivo pessoal Alexandre Moura

A paixão pelo futebol e pelo time do coração passa de geração para geração. Na casa de Alexandre Moura, não é diferente. O advogado de 39 anos acompanha jogos desde pequeno, coleciona álbuns desde 1986 e, após o nascimento do seu filho João Pedro, há cinco anos e meio, aproximou-se ainda mais do esporte. A dupla coleciona todos os tipos de álbuns de figurinhas que envolvam futebol.

Quando colecionou seu primeiro álbum, Alexandre estava nos primeiros anos do Ensino Fundamental. “Eu estava na primeira série e meu pai me ajudou a colecionar esse primeiro álbum da Copa. Na época, foi um orgulho ter completado. Na Copa de 1990, também colecionei. Em 1994, estava no segundo grau e não fiz mais. Nos intervalos entre as copas, colecionei álbuns do Campeonato Brasileiro”, relembra.

Depois do longo hiato sem “participar da brincadeira”, Alexandre colecionou o álbum do Brasileirão de 2012, ano em que seu filho nasceu. “Quando minha esposa tava grávida, resolvemos montar uma espécie de caixa do tempo, com coisas daquele ano, como revistas. Aí, tive a ideia de montar o álbum do Brasileirão de 2012. Depois, não paramos mais de colecionar. O álbum passou a ser uma das coisas que o João Pedro mais gosta”, enaltece.

João Pedro, Alexandre, álbum, figurinhas, Copa do Mundo
Álbum da Copa é uma tradição na casa de Alexandre e João Pedro.

O pequeno não demorou a entrar no clima. “Meu filho passou a brincar com as figurinhas repetidas, com os álbuns. Ano passado, quando terminamos de colecionar o álbum do Brasileirão, já passamos a aguardar o da Copa”, salienta o pai. “A motivação de colecionar álbuns é a de conhecer em detalhes os times, jogadores e a história da competição. Atualmente, os álbuns estão mais completos, mais detalhados e de melhor qualidade”, observa Alexandre.

Em ano de Copa do Mundo, a empolgação na casa de Alexandre e João Pedro é ainda maior. “O João Pedro está com cinco anos e, há três anos, compramos álbuns de capa dura, que são muito mais resistentes. Sem dúvida, a motivação é especial quando se trata de álbum da Copa, pois é um evento que, para aqueles que gostam de futebol, é maravilhoso. O álbum proporciona que se conheça, por exemplo, todos os jogadores de todas as seleções”, acrescenta o advogado.

Assim como Leonardo Freitas, o colecionador Alexandre também reprovou o aumento de 100% no valor do pacotinho. Ele ainda ressalta a contribuição das redes sociais para as trocas. “O preço das figurinhas realmente está alto. Por cinco figuras, o divertimento acaba se tornando caro. São 682 para completar o álbum. Um dos principais motivos para colecionar é a troca. As redes sociais, para quem coleciona, são muito importantes. Através delas, eventos para trocas são combinados e várias pessoas comparecem”, conclui.

Mais sobre o Álbum da Copa deste ano
• Preço do álbum: R$ 7,90.
• Preço do pacotinho: R$ 2,00 (com cinco figurinhas).
• Número de figurinhas: 682 (43 a mais do que no álbum da Copa de 2014)

O álbum oficial da Copa do Mundo de 2018 foi lançado na metade de março. As principais novidades da edição deste ano são as cidades russas onde os jogos serão disputados e as presenças de grandes lendas da competição, como Pelé.

Os 18 atletas “convocados” do Brasil são:
• Goleiro: Alisson;
• Laterais: Daniel Alves, Marcelo e Filipe Luís;
• Zagueiros: Marquinhos, Thiago Silva e Miranda;
• Meias: Willian, Paulinho, Fernandinho, Casemiro, Renato Augusto, Giuliano e Philippe Coutinho;
• Atacantes: Neymar, Douglas Costa, Roberto Firmino e Gabriel Jesus.

Deixe seu comentário